Eu chamaria de inferno astral ou fase ruim. Já outros podem chamar de incompetência mesmo. Mas prefiro acreditar que este é um caso isolado, e que não há motivos para pânico ou alarmismo desnecessário.

Vamos aos fatos.

Fato é que um usuário da Coreia do Sul afirmou que a sua unidade do Samsung Galaxy S10 5G começou a pegar fogo depois de apenas seis dias de uso, e com o dispositivo apenas repousado sobre a mesa.

Quando o usuário pegou o telefone, sentiu o mesmo ardendo e, de forma instintiva, jogou o dispositivo no chão. Segundo ele, esse foi o único impacto que o smartphone sofreu, e que não foi o motivo para que o mesmo começasse a entrar em combustão espontânea. A Samsung foi contactada sobre o problema, e levou a unidade para um serviço de assistência técnica autorizada.

Diante de todo o histórico de acontecimentos envolvendo o Galaxy Note 7, é claro que esse caso, mesmo que isolado, chama a atenção e vira pólvora entre os veículos especializados. Por outro lado, temos alguns indícios que a Samsung aprendeu com os problemas do passado: a empresa passou a adotar rigorosos testes de qualidade às suas baterias, e desde então não enfrentou maiores problemas nesse aspecto, exceto em casos esporádicos.

 

 

Samsung não se responsabiliza pelo problema

 

 

A Samsung levou duas semanas para se posicionar sobre esse incidente, e afirmou que a unidade do Galaxy S10 5G só deu problemas por conta do mau uso dado pelo usuário, alegando que “existe uma evidência de danos externos”, o que elimina a possibilidade de compensação ao usuário pelo problema.

Apesar das fotos apresentarem claramente um produto que pegou fogo, não foram revelados os detalhes sobre como isso aconteceu. Levando em consideração que essa é uma situação isolada, não há motivos para alardes ou sinais de alerta, principalmente porque a origem do problema não foi esclarecida.

 

 

Vale lembrar que o Galaxy S10 5G conta com uma bateria generosa de 4.500 mAh, que são mais do que necessários por causa da exigência do seu hardware. E entendo que só podemos começar a nos preocupar de verdade se outras unidades desse modelo começarem a apresentar problemas.

Vamos ficar de olho.

 

Via SamMobile