A Samsung anunciou hoje (30) que o Samsung Galaxy Note 9 chegou ao mercado brasileiro. Este é o smartphone mais caro da empresa até agora no país, e está disponível nas versões com 128 GB e 512 GB. Além disso, o novo Galaxy Watch também foi anunciado no Brasil.

Os principais diferenciais do Galaxy Note 9 com o Galaxy S9+ estão na tela maior (Super AMOLED de 6.4 polegadas, 2960 x 1440 pixels), a S Pen, que ganhou a conexão Bluetooth, a bateria de 4.000 mAh e o novo modo DeX, que não exige mais um dock para conectar em uma tela externa, bastando o uso de um adaptador USB-C para HDMI (que deve ser adquirido separadamente).

O Samsung Galaxy Note 9 pode ser encontrado no Brasil nas versões com 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento, por R$ 5.499, e 8 GB de RAM e 512 GB de armazenamento, por R$ 6.499. Ambos são expansíveis via microSD.

A pré-venda do smartphone começa amanhã (31), e as primeiras unidades começam a ser entregues no dia 14 de setembro na versão de 128 GB, e 29 de setembro para o modelo com 512 GB. Os clientes que adquirirem o smartphone na pré-venda recebem uma câmera Gear 360.

 

 

Samsung Galaxy Watch (42 e 46 mm)

 

 

A Samsung também anunciou no Brasil o Galaxy Watch, que conta com design esportivo e coroa giratória. Estará disponível nas versões de 46 mm e 42 mm.

O smartwatch conta com tela OLED com Gorilla Glass DX+, proteção pensada especificamente para wearables. Sua autonomia de bateria é para “vários dias”, com a ajuda do novo processador Exynos 9110 dual-core, e seu corpo possui proteção IP68 (contra suor, água e poeira).

O relógio é gerenciado pelo sistema operacional Tizen 4.0, e consegue detectar seis tipos de exercícios automaticamente, além de monitorar manualmente 39 atividades físicas. O monitor de frequência cardíaca fica sempre ativo.

O Galaxy Watch (na versão WiFi) tem preços sugeridos de R$ 2.199 (42 mm) e R$ 2.399 (46 mm).