Compartilhe

O Samsung Galaxy S20 chegou ao mundo (inclusive ao mercado brasileiro e, tal e como era de se esperar por todos e para a surpresa de absolutamente ninguém, custa muito caro por aqui), e qual é o próximo assunto que já pode ser mencionado nos blogs de tecnologia? O Samsung Galaxy Note 20, é claro.

Esse é o próximo smartphone top de linha dos coreanos, e se tudo der certo (e se o coronavírus deixar), ele será anunciado no segundo semestre de 2020. Por isso, podemos até considerar como algo absolutamente normal ver os primeiros vazamentos de seu design e especificações. Lentamente. Sem pressa. Até porque, a partir de agora, todo mundo tem tempo de sobra para ler esses conteúdos de tecnologia, pois muita gente está em casa sem ter muito o que fazer.

 

 

 

Os primeiros detalhes sobre o Samsung Galaxy Note 10

 

O modelo tem previsão de chegada ao mercado para o próximo outono do hemisfério norte (terceiro trimestre de 2020), e até agora estavam confirmadas poucas características sobre o novo modelo. Já era de conhecimento público que o dispositivo contará com uma tela de grandes dimensões e frequência de atualização de 120 Hz, para entregar uma maior fluidez na interface de usuário e na execução de jogos e vídeos de alta resolução.

A tela otimizada teria como companheiro o lápis ótico desenvolvido pelo Projeto C ou Project Canvas da Samsung. O processador do dispositivo ainda precisa ser confirmado, mas tudo indica que será construído sob a tecnologia e arquitetura de 7 nanômetros.

Muito bem, um novo vazamento publicado no XDA-Developers revelou alguns dos planos da Samsung para apresentar o Samsung Galaxy Note 20 em duas versões. Algo muito plausível, levando em consideração a já recorrente tendência da empresa sul-coreana em lançar mais de um smartphone premium por geração.

Assim posto, e combinando com os rumores previamente publicados, a primeira versão do Samsung Galaxy Note 20 contaria com um processador Qualcomm Snapdragon 865 padrão, enquanto que a segunda versão (Samsung Galaxy Note 20+ ou Ultra?) optaria presumivelmente pelo novo processador Exynos, cuja fabricação é baseada na tecnologia mais recente de litografia ultravioleta extrema (EUV).

Por outro lado, o site SamMobile, outra fonte conhecida e especializada nos vazamentos da Samsung, também informou que o modelo base do futuro Galaxy Note 20 só contará com 128 GB de armazenamento, uma redução em relação aos 256 GB do modelo atual. Isso pode resultar na chegada de um modelo base com preço mais reduzido e, de quebra, com a possibilidade da volta de um slot para cartões microSD nessa família de smartphones premium.

É importante deixar muito claro no final desse post que tudo o que foi escrito aqui são apenas rumores, e não temos maiores detalhes ou confirmações oficiais por parte da Samsung. Logo, só nos resta esperar pelo anúncio da data de lançamento, anúncio final e, principalmente, o preço que a brincadeira vai custar.

 

 

Via XDA-Developers, SamMobile


Compartilhe