Compartilhe

O Samsung Galaxy Note 10 será apresentado ao mundo em 7 de agosto, mas aos poucos os vazamentos vão revelando o seu design final e algumas especificações. Hoje (10), o conhecido leaker Roland Quandt publicou o que parecem ser renders reais do dispositivo, e as imagens “gritam” pelo nome Huawei.

Os renders reforçam os dados vistos previamente, mas desmentem outros detalhes. As imagens “confirmam” o furo na tela, mas na área superior central. A parte traseira apresenta três câmeras e não quatro. Entre outros detalhes.

 

 

Mais bordas e mais quadrado

 

 

Chama a atenção o acabamento do chassi, com um Note 10 com cantos mais marcados, além do aproveitamento da parte frontal, com uma borda inferior consideravelmente menor. Outra mudança está na disposição das câmeras traseiras, que deixa a orientação horizontal do Note 9 para adotar o formato vertical no Note 10, que lembra muito o que vimos no Huawei P30 e no Huawei P20 Pro. Ainda mais com esse acabamento em degradê.

Um elemento que não aparece nas imagens é o leitor de digitais, e isso faz sentido. Com o Samsung Galaxy S10, a Samsung deixou de lado o leitor de digitais na parte traseira para inserí-lo abaixo da tela, e é normal que isso se repita no Samsung Galaxy Note 10. Não sabemos se será um leitor ótico ou ultrassônico, mas considerando a tecnologia do Galaxy S10+, é de se esperar que seja da segunda opção.

 

 

Por último, mas não menos importante, os renders de Quandt mostram duas cores: um preto mais sóbrio e o acabamento holográfico em rosa-azul. A S-Pen, sinal de identidade da família, está presente, e a fonte do vazamento afirma que esse item foi “discretamente melhorado”.

Do mais, é esperado que o Samsung Galaxy Note 10 desembarque em vários modelos (é especulado um modelo Pro ou Plus e um menor para a Europa), com até 1 TB de armazenamento interno eUFS, 8 GB de RAM e processador Exynos 9825.

 

 

Mais detalhes sobre o Samsung Galaxy Note 10 no dia 7 de agosto. Ou nos futuros vazamentos que devem acontecer nas próximas semanas.

 

Via WinFuture


Compartilhe