O Samsung Galaxy J4+ é, obviamente, mais modesto que o Galaxy J6+. Até porque esse é o típico smartphone de entrada, com especificações comedidas mas suficientes para quem tem as necessidades mais básicas.

Seu design lembra um dispositivo premium, com uma estética que se alinha aos padrões de 2018. Bordas reduzidas e formato de tela larga para um melhor consumo de conteúdos. Sem falar nas várias cores para o usuário escolher.

Nesse post, mostramos os principais detalhes do Samsung Galaxy J4+.

 

 

Design com ar premium

 

 

Chega de plástico. O Samsung Galaxy J4+ é construído em cristal e metal, mas sem as curvas pronunciadas e as características dos modelos premium da Samsung.

Mesmo assim, parece ser um dispositivo bem cuidado nos detalhes, com uma pequena curvatura na parte traseira para um melhor agarre.

O Samsung Galaxy J4+ conta com uma tela de 6 polegadas (18.5:9, HD+). O modelo não possui uma resolução de tela maior pois o objetivo aqui é oferecer também uma maior autonomia de bateria.

 

 

Potência justa, porém, mais que suficiente

 

 

Não podemos pedir demais de um smartphone de entrada. O Samsung Galaxy J4+ conta com o processador Qualcomm Snapdragon 425, trabalhando com 2 GB de RAM. É o suficiente para os aplicativos mais comuns, mas esquece em querer rodar Fortnite aqui (nem sei porque estou te lembrando disso).

O modelo possui 32 GB de armazenamento (expansíveis via microSD de até 512 GB). Sua autonomia de bateria é de 3.300 mAh, que deve aguentar por pelo menos um dia de uso moderado (e o conceito de moderado pode variar de pessoa para pessoa).

O Samsung Galaxy J4+ possui todas as conexões que podemos esperar para um dispositivo de sua categoria (USB, Bluetooth, WiFi dual-band, NFC e conector de 3.5 mm).

Em resumo: é um smartphone que deve cumprir o que promete, dentro de suas características técnicas e de preço. É só a Samsung não viajar na maionese no seu preço, e pronto.