Samsung Galaxy Fold é desmontado, e é bem caro para ser consertado | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Samsung Galaxy Fold é desmontado, e é bem caro para ser consertado | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Smartphones | Samsung Galaxy Fold é desmontado, e é bem caro para ser consertado

Samsung Galaxy Fold é desmontado, e é bem caro para ser consertado

Compartilhe

O Samsung Galaxy Fold merece destaque não apenas por causa do seu peculiar design dobrável, mas também pelas suas especificações e qualidade de acabamento em metal e cristal. É um modelo que tinha tudo para impressionar, se posicionando como um forte candidato a ser um dos melhores flexíveis de segunda geração.

Porém, os problemas que algumas unidades de testes começaram a apresentar geraram muitas dúvidas entre os usuários, que começaram a questionar não apenas o controle de qualidade do dispositivo, mas também a vida útil do mesmo.

A Samsung emitiu um comunicado oficial tentando tranquilizar os usuários, afirmando que os problemas que foram relatados pelos jornalistas são casos específicos, afetando a minoria dos dispositivos oferecidos para testes.

É preciso oferecer para a Samsung o benefício da dúvida, mas… o que está acontecendo exatamente? Por que as telas de algumas unidades do Galaxy Fold apresentaram problemas depois de tão pouco tempo de uso?

Um processo de desmontagem do smartphone pode oferecer algumas respostas.

 

 

Muito complicado de ser consertado

 

 

De acordo com o autor dessa desmontagem do Galaxy Fold (que não foi o pessoal do iFixit dessa vez), a dobradiça possui um papel muito importante na estrutura como no funcionamento correto da tela interna. Para que a sua integração aconteça de forma adequada, é necessário ter um alinhamento perfeito, um passo complexo que dificulta o processo de fabricação do dispositivo.

Se os componentes que dão forma à dobradiça apresentam o mínimo desvio ou qualquer tipo de falha, por menor que seja, a tela pode acabar sofrendo danos irreversíveis. Isso é o que parece estar acontecendo com algumas das primeiras unidades do Galaxy Fold que estão apresentando falhas com poucos dias de uso.

 

 

Pode ser o caso de apenas algumas unidades que saíram com problemas da cadeia de produção, e a Samsung pode corrigir o problema a tempo de lançamento do produto no mercado. Mas até o produto chegar ao consumidor final já teremos uma boa quantidade de unidades em uso, e não dá para tirar conclusões realistas. Ou seja, teremos que esperar mais um pouco.

De qualquer forma, o que deixa o Samsung Galaxy Fold bem difícil de ser reparado não é a sua tela dobrável de 7.3 polegadas. Por incrível que pareça, o principal problema é a tela frontal de 4.6 polegadas, pois ela pode quebrar durante a desmontagem do dispositivo. Por outro lado, esse não é o dispositivo que pode ser consertado na loja da esquina.

Além disso, sua tela flexível é descrita como “um pedaço de borracha” ao ser removida do dispositivo, e não sabemos exatamente se isso é bom ou ruim para a confiabilidade do dispositivo.

 

 

 

O Galaxy Fold pode ser o Note 7 2.0?

 

Vale lembrar que os problemas com o dispositivo não afetaram apenas quem retirou a película protetora, e que o conjunto parece não ser tão duradouro assim. De qualquer forma, se forem incidentes isolados, o que pode pesar contra o Galaxy Fold é o fator preço. Porém, é melhor a Samsung começar a torcer para esse modelo não ser um Note 7 2.0. Um novo desastre é tudo o que os coreanos não precisam nesse momento.

 

 


Compartilhe