A Samsung anunciou a segunda geração do Galaxy Book2, conversível que traz como novidade o Snapdragon 850, uma variante do 845 centrada para o uso com o Windows 10. É o primeiro dispositivo a contar com esse processador.

 

 

Autonomia e conectividade LTE como bandeira

 

 

O novo processador foi criado especificamente para os conversíveis, e totalmente otimizado para o Windows 10 S. O Snapdragon 850 entrega para o Galaxy Book2 uma autonomia de bateria de até 20 horas, conectividade LTE com o modem Snapdragon X20 e todo o conceito de PC em modo ‘Always Conected’, tal e como Microsoft e Qualcomm prometeram em 2017.

O design do Galaxy Book2 foi renovado para ser mais leve e com materiais de melhor qualidade para uma maior durabilidade. O novo apoio traseiro conta com um sistema de dobradiça muito similar ao do Surface Pro, permitindo o uso em várias posições.

Seu teclado se conecta ao tablet de forma magnética na dobradiça inferior, e o suporte ao S-Pen serve para registrar notas na tela, tirando maior proveito em um uso mais versátil. Os dois acessórios estão incluídos no kit de venda do Galaxy Book2.

 

 

A tela AMOLED de 12 polegadas possui resolução Full HD+ (2160 x 1440 pixels), que vem acompanhada de dois alto-falantes Dolby Atmos fabricados pela AKG, divisão de áudio premium da Samsung.

O Galaxy Book2 tem um leitor de digitais trabalhando com o Windows Hello, e o Windows 10 S pode ser atualizado para o Windows 10 completo de graça.

O dispositivo conta com câmeras de 8 MP e 5 MP, e seu desempenho no dia a dia precisa ser conferido mais de perto. 4 GB de RAM podem ser insuficientes, mas esperamos que o Snapdragon 850 equilibre as forças dessa equação.

 

 

O Samsung Galaxy Book2 foi lançado nos Estados Unidos, e será vendido pelas operadoras AT&T, Verizon e Sprint com planos de dados LTE. Seu preço sugerido é de US$ 999, e estará disponível a partir de 2 de novembro. Não tem previsão de lançamento para o Brasil.