Samsung Galaxy Book Flex α deixa o essencial para receber a tela QLED | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Samsung Galaxy Book Flex α deixa o essencial para receber a tela QLED | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Notebooks, Ultrabooks e Conversíveis | Samsung Galaxy Book Flex α deixa o essencial para receber a tela QLED

Samsung Galaxy Book Flex α deixa o essencial para receber a tela QLED

Compartilhe

A Samsung apresentou oficialmente o Samsung Galaxy Book Flex α (“alfa”), uma variante de suas linhas de notebooks que se destaca por contar com uma tela QLED, mas perdendo a capacidade de recarga sem fio do touchpad ou a S Pen, o que deixa o notebook mais barato do que o modelo originalmente anunciado.

Este é um notebook que, em teoria, é voltado para quem prioriza uma qualidade de imagem na tela maior do que a média, mas sem abrir mão da portabilidade e das especificações mais avançadas. Nesse post, vamos conhecer o produto em detalhes, com as suas especificações técnicas completas.

 

 

Samsung Galaxy Book Flex α: Principais Características

O Samsung Galaxy Book Flex α é um notebook dentro de uma edição especial e com especificações reduzidas em relação aos modelos que foram apresentados no final de outubro de 2019. Os sacrifícios foram em áreas muito específicas, como as já citadas ausências de carga sem fio no touchpad, ou pela remoção da S Pen. Além disso, o modelo também não conta com configurações com mais de 12 GB de RAM e a SSD só pode chegar até 512 GB (nos notebooks Galaxy Flex padrão, você tem 16 GB de RAM e 1 TB de SSD).

Na parte de conectividade e das portas, parece que o novo modelo é idêntico ao anterior, assim como no formato e dimensões, uma vez que este recebe uma tela de 13.3 polegadas (Full HD), com a também já destacada tecnologia QLED na tela.

Do mais, este é um portátil que conta com um processador Intel Core de décima geração (Ice Lake), trabalhando com gráficos Intel UHD Graphics ou Intel Iris Plus Graphics, 8 ou 12 GB de RAM LPDDR4x, 256 ou 512 GB SSD NVMe, WiFi6 (Gig+) 802.11ax 2×2, leitor de digitais compatível com o Windows Hello, teclado retroiluminado e alto-falantes estéreo AKG com Smart Amp.

A bateria também não sofreu alterações, prometendo até 17,5 horas de autonomia (dependendo do perfil de uso). Uma das portas USB-C disponíveis nas laterais permite o suporte para a recarga rápida, algo que completa o notebook que fez sacrifícios nas especificações, mas que se torna em um modelo muito mais acessível no quesito preço.

O novo Samsung Galaxy Book Flex α chega ao mercado norte-americano no primeiro semestre de 2020, com preço inicial sugerido de US$ 829,99. Não há informações sobre preços e disponibilidade para outros países, mas a queda sugerida de preço por conta das alterações de hardware deve se refletir em outros mercados.

 

 

Vale a pena?

Levando em consideração que ele é aproximadamente US$ 600 mais barato que o seu modelo padrão, entendo que vale a pena sim o investimento no Samsung Galaxy Book Flex α. Porém, não vou me atrever a cravar olhando de longe se ele é uma compra certa para os mais produtivos. Não podemos mensurar o seu desempenho apenas olhando para as especificações técnicas.

O que fica claro é que alguns fabricantes de tecnologia já entenderam que é possível sacrificar novidades chamativas de produtos para obter ótimas especificações técnicas com preços mais acessíveis. Se você não precisa de recursos que pouco vai utilizar, é melhor comprar produtos mais simples e com uma relação custo-benefício melhor.

 

Via Samsung


Compartilhe