A Samsung anunciou hoje (22) a chegada do Samsung Galaxy A9 (2018) ao Brasil. O modelo é o mais caro da série A no mercado brasileiro, e se destaca pelas suas quatro câmeras traseiras.

O Galaxy A9 (2018) é muito parecido com o Galaxy A7 (2018) em sua estética, com mudanças pontuais no leitor de digitais (que volta para a parte traseira), as já citadas lentes de câmera e a eliminação da porta microUSB em favor da USB Type-C.

Por dentro, o modelo recebe um processador Qualcomm Snapdragon 660, trabalhando com 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento, onde tudo é gerenciado pelo Android 8 Oreo com a Samsung Experience (nada de One UI com Android Pie por aqui, por enquanto). O Samsung Pay e o Bixby estão presentes nesse modelo.

O Samsung Galaxy A9 (2018) possui tela Super AMOLED de 6.3 polegadas (2220 x 1080 pixels, Full HD, 18.5:9), com bateria de 3.800 mAh e slot para microSD e dois SIM cards.

 

 

Mas o principal destaque para o Samsung Galaxy A9 (2018) é mesmo a quantidade de câmeras na parte traseira, com quatro opções de lentes para se adequar ao público mais jovem e amante das redes sociais.

Os sensores são:

1) 24 MP (f/1.7), principal
2) 5 MP, para o efeito bokeh
3) 10 MP, com zoom ótico de 2x
4) 8 MP, com ângulo de 120 graus

Um recurso de inteligência artificial identifica qual é o tipo de cena e oferece as configurações para aquele registro. O modelo é um pioneiro na oferta de quatro câmeras, e o mesmo conceito deve estar presente no Galaxy S10, que será lançado no mês que vem, mas com três câmeras traseiras nesse caso.

 

 

Quanto custa a brincadeira no Brasil?

 

 

O Samsung Galaxy A9 (2018) chega ao Brasil em versão única e com o preço sugerido de R$ 3.199. É um valor de lançamento mais caro que o Galaxy S9 Plus.

Mas a decisão de compra é sempre sua.