TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Samsung está com essa moral toda para zoar a Apple e o lançamento do iPhone 14? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Opinião | Samsung está com essa moral toda para zoar a Apple e o lançamento do iPhone 14?

Samsung está com essa moral toda para zoar a Apple e o lançamento do iPhone 14?

Compartilhe

Eu sei que isso aqui acaba se tornando marketing para as duas marcas no final das contas. E confesso que faz um certo tempo que eu não vejo uma cutucada da Samsung na Apple de forma tão direta.

Porém, temos que questionar se a Samsung está realmente fazendo por onde para ter o direito de tirar sarro da coleguinha em um ponto que hoje pode muito bem cair no campo do subjetivo, já que praticamente nenhum fabricante de smartphone está mesmo se esforçando para ser diferente da outra neste aspecto.

Então… dá mesmo para a Samsung tirar sarro da possível falta de inovação da Apple com o iPhone 14?

 

Faz tempo que a Apple parou de inovar no iPhone…

Tudo bem, eu estou escrevendo este post em 2 de setembro de 2022, e todo mundo sabe que a Apple só vai apresentar o iPhone 14 (e os demais modelos desta família) apenas em 7 de setembro. Ou seja, só dá pra cravar que o futuro smartphone da gigante de Mountain View será do jeito que todo mundo já viu depois que ela se pronunciar oficialmente sobre o assunto, algo que vai acontecer na próxima quarta-feira.

Por outro lado, todo um universo de vazamentos sobre os novos iPhone 14 já oferece para todos uma real ideia sobre como deve ser o futuro smartphone da Apple. Só não serão da forma que todos esperam se um raio destruir a sede da gigante de Mountain View, acabando com todos os planos previamente desenvolvidos pela empresa.

E, mesmo assim, como tudo está pronto e com vários backups, é só alguém subir ao palco e continuar com a apresentação.

Ao que tudo indica, os vazamentos vão confirmar um novo iPhone sem muitas inovações e revoluções. No máximo uma ausência de notch na tela e a presença de um processador nos modelos mais completos. E isso pode ser muito frustrante para muita gente.

E não é de hoje que a Apple é acusada (com certa dose de razão) que não é mais a mesma empresa que se orgulhava em ser “mágica e revolucionária”, apresentando novos recursos e funcionalidades nos seus smartphones que muitos entendiam que eram sinais claros de inovação e renovação.

E hoje, não é bem isso o que acontece: a Apple entendeu que não precisa mexer tanto nas regras do jogo do iPhone porque o produto é um sucesso, caindo em uma sequência continuísta que até mesmo tira os motivos para que muitos invistam o seu dinheiro em um novo iPhone.

 

…mas… será que a Samsung está fazendo muito melhor?

Por outro lado, a Samsung faz exatamente a mesma coisa que a Apple, e ninguém fala nada.

E agora, os defensores não podem nem mesmo usar a desculpa do “ah, mas a Samsung não cobra o olho da cara”, pois algumas pessoas ficaram cegas depois que investiram o dinheiro no Galaxy Z Fold4 ou no Galaxy S22 Ultra.

Um smartphone dobrável não é exatamente uma inovação. É a introdução de um formato de dispositivo que ainda não pegou no mercado, e que pode ser uma tendência de futuro e, ainda assim, não é para o grande grupo de usuários. Apenas um grupo muito nichado e exclusivo usam hoje os telefones mais completos dos coreanos, deixando de fora um grupo enorme de clientes.

Da mesma forma que o iPhone sempre fez, a Samsung tem hoje uma família de smartphones caros na linha Galaxy S, e um grupo de telefones ainda mais caros na família Galaxy Z Fold. E eu não vejo uma inovação real nos coreanos, com exceção da proposta de design que não foi inventada pela Samsung nos últimos cinco anos.

No final das contas, a peça publicitária (que você pode ver no final do artigo) é muito mais mediática do que qualquer outra coisa. E é uma peça que pode contribuir com as duas marcas, já que a Apple também se beneficia da publicidade gratuita para promover o lançamento do iPhone 14.

E eu sei que muitos fãs de tecnologia vão abandonar o feriado de 7 de setembro para ver o que a Apple tem a apresentar com os seus novos produtos. Incluindo os usuários da Samsung, através das telas de smartphones, tablets e monitores da marca sul-coreana.

E não tem absolutamente nada de errado com isso. Faz parte do jogo.


Compartilhe