Compartilhe

A Samsung apresentou na CES 2020 uma série de produtos que, em comum, apresentam as inovações adotadas pela gigante sul-coreana para o segmento de telas. Monitores gaming com tela curva e telas com novos recursos e tecnologias são os principais destaques desse post, que resume as novidades apresentadas.

 

 

Samsung G7 e Samsung G9

São os primeiros monitores da família Odyssey, dedicada para os games. Estes são monitores curvos de 1000R (o normal é 1800R) com 49 polegadas para o modelo G9 e 27 ou 32 polegadas para o modelo G9, com resoluções de 5120 x 1440 pixels (G9) e 2560 x 1440 pixels (G7), taxa de atualização de 240 Hz e tempo de resposta de 1 ms. A curvatura maior entrega também um design espetacular, e seu suporte possui até 52 cores e cinco efeitos de iluminação na parte traseira.

Os dois modelos recebem a tecnologia Quantum Dot nas telas, combinando com o HDR1000 no G9 e com o HDR600 VA no G7, entregando níveis de contraste espetaculares e cores muito vivas. Os modelos são compatíveis com as tecnologias NVIDIA G-SYNC e AMD FreeSync 2 para a sincronização vertical.

Os novos monitores Samsung G7 e Samsung G9 chegam ao mercado durante o segundo trimestre de 2020, mas preços e países que vão receber os novos monitores não foram revelados.

 

 

Samsung 2020 QLED 8K

A Samsung também apresentou na CES 2020 a sua nova linha de TVs 2020 QLED 8K, com destaque para o modelo Q950TS, que promete estabelecer um novo padrão para as telas de grandes dimensões.

O principal sinal de identidade dessa TV é o seu design Infinity zero-bezel, sendo esta a primeira do mercado a realmente não contar com bordas de tela, eliminando as mesmas em três dos seus lados, em uma espessura de apenas 15 mm.

A tela QLED usa uma nanotecnologia Quantum Dot, luz de fundo LED de atenuação local completa (FALD) e resolução 8K, no seu interior, o processador quântico entrega todos os tipos de recursos para melhorar a qualidade da imagem, com maior suporte para o codecs focado nos serviços de streaming, melhorias de áudio e de software e uma nova interface de usuário.

Além disso, a Samsung 2020 QLED 8K usa um processador quântico com Inteligência Artificial, que combina aprendizagem automática com aprendizagem profunda para um upscalling em 8K, independente da qualidade da imagem original. Um novo recurso de imagem adaptativa oferece um brilho e contraste otimizado em qualquer ambiente, onde a TV reconhece o entorno e se ajusta automaticamente.

As novas TVs 8K da Samsung incluem uma nova tecnologia AI ScaleNet para reduzir a perda de dados originais durante a transmissão de vídeo, onde a aprendizagem profunda minimiza a perda de dados durante a compressão de imagem. O Aamazon Prime Video usa o AI ScaleNet. E essas TVs podem exibir vídeos sob o codec AV1 8K via YouTube.

Na parte de áudio, destacamos a tecnologia OTS+ (Object Tracking Sound Plus), que reconhece objetos em movimento e move o som pelos alto-falantes em modo envolvente de 5.1 canais. A função Q-Sympony procura sempre o melhor som nos alto-falantes, e o amplificador de voz ativa reconhece o ruído ambiente para ajustar o volume da voz.

No software, a interface de usuário foi redesenhada, com um Universal Guide que facilita a busca de conteúdos. O serviço TV Plus será de graça para os usuários dessa série de TVs da Samsung. O recurso Multi-View realiza pequenas tarefas durante a exibição do conteúdo, mostrando dois programas ao mesmo tempo em qualquer formato. E o Tap View exibe o conteúdo de um smartphone na tela com um simples toque.

Por fim, o “mordomo digital” faz com que a TV reconheça e controle dispositivos conectados ao WiFi e Bluetooth, além dos dispositivos mais antigos que não estão conectados à internet, além de oferecer suporte aos assistentes Amazon Alexa, Google Assistente e Samsung Bixby.

Preço e disponibilidade das TVs Samsung 2020 QLED 8K não foram revelados.

 

 

Novos tamanhos e formatos nas telas MicroLED

É uma das principais apostas dos fabricantes para oferecer novas telas para TVs, smartphones e outros dispositivos. A Samsung está focando nessa tecnologia para soluções domésticas, com novas TVs ‘modulares’ que se adaptam às necessidades de cada usuário.

Assim, a Samsung mostrou a sua linha de telas MicroLED com tamanhos de 75, 88, 93 e 110 polegadas, além de dois novos modelos de 88 e 150 polegadas, praticamente sem bordas e que podem ser instaladas facilmente em paredes pela baixa espessura. Você pode conectar várias dessas telas para criar novos tamanhos de TVs.

Não há muitas informações sobre a chegada dessas telas ao mercado e os seus preços. Elas contarão com um brilho máximo de 5.000 nits e opções de upscalling de imagem.

 

 

The Sero, a TV que se adapta ao smartphone

Essa TV foi vista pela primeira vez em abril de 2019, com a tentativa de se adaptar às tendências atuais de gravação de vídeos com o smartphone na posição vertical. Agora, a The Sero vai chegar em escala global em 2020.

Se trata de uma TV de 43 polegadas (4K) na vertical. A tela pode ser utilizada as orientações retrato ou paisagem, de acordo com a vontade do usuário, em um movimento de giro automático em função do conteúdo de vídeo enviado. Faz sentido quando olhamos para o crescimento de vídeos enviados nas redes sociais na orientação vertical.

Dentro da sua linha Lifestyle, a Samsung também atualizou os modelos das linhas The Frame e The Serif, com novos tamanhos de 32, 50 e 75 polegadas da primeira série, e 43, 49 e 55 polegadas na segunda série.

 

 

 

Via Samsung, Samsung (Monitor Odyssey), Samsung (2020 OLED 8K)


Compartilhe