Press "Enter" to skip to content
Você está em | Home | Notícias | Samsung, e as falsas fotos lunares

Samsung, e as falsas fotos lunares

Compartilhe

Toda mentira será descoberta.

Se você tentou tirar fotos da Lua com o seu novo (e caríssimo) smartphone Samsung Galaxy e não conseguiu, saiba que a culpa não é sua. Muito provavelmente o seu telefone não é capaz de fazer os milagres operados pelos publicitários da gigante sul-coreana.

Na verdade, o principal responsável por você não conseguir registrar uma bela foto da Lua cheia em uma linda noite de verão é de uma inteligência artificial que trabalho com um grande banco de fotografias.

E não sou eu que estou afirmando isso. Só estou replicando essa acusação que é feita por alguns especialistas em tecnologia que analisaram as imagens.

 

O que está acontecendo?

Uma postagem no Reddit viralizou recentemente, alegando que a Samsung está enganando os seus clientes com o recurso Space Zoom 100x, pois a qualidade das fotos lunares que a empresa compartilha para promover a funcionalidade não pode ser alcançada pelos usuários com os dispositivos compatíveis, mostrando que a realidade prática é muito diferente daquela vendida pelo departamento de marketing da empresa.

O recurso Space Zoom 100x estreou no Galaxy S20 Ultra, e desde então é promovido pela Samsung como um grande diferencial de seus telefones. E que fique bem claro: a empresa sempre afirmou que utiliza uma inteligência artificial para melhorar as fotos registradas por esse modo.

Na prática, a Samsung sobrepõe texturas obtidas a partir de imagens da Lua com resoluções muito maiores do que aquelas que podem ser registradas pela função Space Zoom. E isso é reforçado pelo polêmico post do Reddit.

De acordo com os testes compartilhados na postagem da discórdia, a Samsung utiliza a Inteligência Artificial para adicionar texturas e outros detalhes que normalmente estão presentes em imagens da Lua de alta qualidade, como imperfeições de superfície e crateras. Sem isso, as imagens registradas ficariam borradas.

Esse é o resultado de uma rede neuronal treinada, que recebeu informações de inúmeras imagens da Lua para adicionar informações às fotos que você registra do satélite natural da Terra. Ou seja, não estamos diante de um recurso de processamento adicional feito pelo hardware para melhorar os detalhes da imagem que você registrou com o telefone.

Sim, eu sei. É um assunto complexo. E resumindo toda essa equação: a qualidade real das imagens registradas da Lua pelas lentes dos telefones da Samsung não chega perto daquela que a empresa promove no material promocional dos dispositivos.

 

A Samsung se defende, mas não convence

A Samsung é acusada de propaganda enganosa ao prover o Space Zoom 100x, já que afirma que a funcionalidade pode registrar vários fotogramas em segundos e usa a inteligência artificial para afinar os detalhes da foto, mas entregando uma qualidade final abaixo do esperado.

O marketing da Samsung leva o usuário a pensar que o recurso Space Zoom MELHORA OS DETALHES JÁ CAPTURADOS pelas lentes do smartphone, quando na verdade ADICIONA DETALHES DE OUTRAS IMAGENS pelo uso de Inteligência Artificial. E são temas diferentes.

Mesmo que a Samsung fosse clara sobre o uso da inteligência artificial em modo de aprendizagem profunda para melhorar as fotos, os usuários estão irritados com a empresa por não serem claros sobre o resultado final das fotos.

Para resumir, fica aquele gosto amargo na boca de ser enganado por um marketing que não deixa claro sobre os resultados oferecidos por um determinado produto. Não é a primeira vez que isso acontece no mundo da telefonia móvel, e não será a última, infelizmente.

Para os usuários da Samsung, é bom aprenderem desde já que não existem milagres neste caso, e se você deseja mesmo registrar fotos espetaculares da Lua, a melhor alternativa ainda é investir um bom dinheiro em uma câmera fotográfica dedicada e em equipamentos complementares como lentes avançadas.

Aceita, que dói menos.


Compartilhe