TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Review | Baseus Bowie M1 | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Análises e Reviews | Review | Baseus Bowie M1

Review | Baseus Bowie M1

Compartilhe

E lá vamos nós testar mais um fone de ouvido da Baseus que pode chamar a atenção dos usuários brasileiros.

O Baseus Bowie M1 tem como grande diferenciar se apresentar como um fone de ouvido TWS gamer. Para isso, ele conta com uma série de recursos dedicados que tentam ir um pouco além dos fones de ouvido tradicionais, como por exemplo o cancelamento de ruído ativo com o auxílio de múltiplos microfones e baixa latência.

E promete tudo isso com um preço bastante competitivo, principalmente considerando os descontos que a Baseus está oferecendo para esse produto recentemente.

Neste artigo, vou apresentar as principais características do Baseus Bowie M1, compartilhando a minha experiência de uso com o produto.

 

As primeiras impressões

A Baseus sempre entrega um trabalho de ótima qualidade nas primeiras impressões dos seus produtos, e no caso do Baseus Bowie M1, isso não é diferente.

O dispositivo vem bem acondicionado em sua caixa original, colocando o manual e a documentação de garantia (ou técnica) em primeiro plano, e o produto com o cabo de recarga USB-C em segundo plano. E nada vem sambando dentro da caixa, felizmente.

Seu case de recarga é bem discreto e no tamanho ideal para não criar volume no bolso da calça ou na mochila. É uma caixa de recarga bem leve, e até deixa a impressão que está vazia, mesmo com os auriculares dentro dele.

O acabamento em preto fosco é algo que vai agradar aos usuários que não suportam os cases em mate, que são verdadeiros imãs para marcas de dedo. E o conector USB-C na cor laranja deve ajudar na hora de identificar esse item nos ambientes pouco iluminados.

Os auriculares ficam muito bem encaixados dentro do case, tal e como esperamos de um produto como esse. E o LED dessa caixa de recarga começa a indicar atividade tão logo você abre a sua tampa, mostrando que o seu sistema de pareamento começa a funcionar de forma imediata.

Os auriculares do Baseus Bowie M1 conseguem ser muito leves e confortáveis no uso, em um acabamento em preto fosco com detalhes em vermelho. Os conectores de recarga de bateria interna são bem largos, o que garante que os auriculares ficarão bem encaixados com os contatos dentro do case.

Além do cabo USB-C, o kit de venda do Baseus Bowie M1 conta também com pontas de silicone sobressalentes, para que o dispositivo possa se adaptar com diferentes formatos de canal auditivo.

 

As principais características

O Baseus Bowie M1 começa a se destacar dos demais fones de ouvido TWS gamer por contar com um sistema de redução de ruído ativo que atua em até 25 dB. Isso significa que ele pode inclusive filtrar o som do acionamento das teclas de um teclado mecânico, e que é dispensável retirar os fones para que você possa ouvir o som ambiente quando necessário.

Seu sistema de quatro microfones consegue reduzir o ruído ambiente, reforçando a captação da sua voz durante a comunicação, o que deixa as chamadas telefônicas ou por aplicativos dedicados ainda mais clara e limpa. E tanto a conversa como a reprodução de áudio acontece com o menor delay possível, já que a sua taxa de latência é de apenas 0.06 segundos, com a ajuda do Bluetooth 5.2.

A qualidade de áudio do Baseus Bowie M1 está mais do que garantida com o seu diafragma de 10 mm, o que resulta em graves poderosos e agudos claros e limpos, tanto para a reprodução de áudio como para a comunicação entre os usuários. Além disso, você pode se conectar a dois dispositivos ao mesmo tempo com esses fones, em um sistema de alternância de gadgets sem cortes ou interrupções.

O Baseus Bowie M1 possui suporte para recarga rápida através da tecnologia Baseus Rapid Charge, com recursos para preservar a vida útil da bateria do case e dos auriculares. Esses fones oferecem até 4,5 horas de reprodução musical, ou até 20 horas totais com as recargas via case.

E não posso me esquecer de mencionar que este case é compatível com a tecnologia de recarga sem fio Qi, o que deixa o procedimento bem prático para os usuários que não querem usar o cabo USB-C o tempo todo.

Esses fones contam com um recurso que detecta quando os auriculares estão encaixados no canal auditivo, e o seu emparelhamento é imediato: basta tirar os auriculares do case, e os fones já entram em conexão com o telefone, tablet ou computador.

O aplicativo da Baseus para smartphones que é compatível com esses fones de ouvido libera outras possibilidades de uso para o dispositivo, como buscas em curta distância, localização por mapa, customização de comandos, equalizador adaptado, verificação de consumo de bateria e modo de baixa latência.

 

O produto em funcionamento

Quem já testou um produto da Baseus sabe como é muito prático o processo de configuração e primeira utilização. Mas dessa vez, o Baseus Bowie M1 deixou esse processo um pouco mais burocrático, obrigando a instalação do aplicativo da marca no smartphone, algo que outros fabricantes estão adotando com maior frequência nos últimos tempos.

Isso acontece porque esse produto conta com todos os recursos específicos e avançados que já mencionei nesse review, e todas essas funcionalidades são controladas pelo aplicativo da Baseus. Ou seja, você abre mão da praticidade do pareamento imediato e direto com o telefone ou tablet para explorar todo o potencial dos fones.

É importante deixar claro que a Baseus não é a única marca dentro do mercado de equipamentos de áudio que adota esse tipo de experiência de uso. Praticamente todos os fabricantes do setor estão fazendo exatamente o mesmo.

Superada a fase de instalação e primeira configuração (e você nem precisa criar uma conta Baseus para começar a usar os fones), a experiência de uso do Baseus Bowie M1 é excelente, com uma qualidade de áudio plena, principalmente com tantas opções de ajustes.

O áudio entregue pelos auriculares é muito equilibrado, com excelente distribuição de graves, médios e agudos. Para aqueles usuários que preferem um som mais cheio durante a reprodução musical, o produto atende a esse nível de exigência.

Algo que pude observar durante a experiência de áudio é que a sua distância para conectividade com o dispositivo em reprodução é um pouco menor do que a de outros produtos dentro de sua categoria. Por outro lado, devo levar em consideração que este dispositivo possui características bem diferentes, e esse detalhe é compensado pela menor latência de áudio.

Ou seja, o Sync entre vídeo e áudio é muito melhor ajustado aqui do que em outros fones de ouvido sem fio. Para quem vai utilizar o Baseus Bowie M1 para os jogos de videogame ou reprodução de conteúdos de vídeo, os seus ajustes são plenos, entregando vantagens substanciais em relação aos seus concorrentes.

Seu sistema de interação por toque é bem intuitivo e prático, com uma baixa curva de aprendizado. O sistema pausa a música tão logo você retire um dos auriculares do ouvido, e o controle de avanço ou retrocesso na playlist é feito em cada um dos fones, com toques longos. E é possível chamar um assistente virtual com um toque triplo em uma das laterais dos fones.

Como o Baseus Bowie M1 possui auriculares bem leves, utilizar esses fones de ouvido por várias horas não é algo difícil. Qualquer usuário vai se sentir bem confortável com o tempo de uso maior com esses fones, que são extremamente confortáveis.

Por fim, nos aspectos de comunicação, ele cumpre o que promete, já que conta com vários microfones para redução de ruído e diferentes sistemas de isolamento de som, o que faz com que as duas partes envolvidas na comunicação consigam se entender de forma plena.

 

Conclusão

O Baseus Bowie M1 é um produto que vale muito a pena, principalmente para os usuários que vão utilizar os fones para as tarefas específicas com as quais ele se propõe a ir além dos demais produtos dentro dessa categoria.

Estamos diante de fones de ouvido leves para o transporte e uso prolongado, entregando uma praticidade e conforto que são muito desejados pelos usuários que querem utilizar esse tipo de dispositivo para longas jornadas de entretenimento ou jogos.

Sua bateria poderia durar um pouco mais do que o indicado pelo fabricante, mas tal detalhe é algo perfeitamente compreensível, considerando a quantidade de recursos e ajustes de software que ele possui. Logo, uma coisa compensa a outra nesse caso: o usuário ganha na qualidade final maior do que muitos concorrentes.

Até acredito que existem fones TWS ainda mais completos que o Baseus Bowie M1. Por outro lado, você recebe muito pelo preço cobrado por ele, o que torna a alternativa válida em um dos aspectos mais importantes para a maioria dos usuários: a relação custo-benefício.

Se você quer fones de ouvido sem fio competentes para os jogos e o entretenimento, com baixa latência e excelente qualidade sonora, o Baseus Bowie M1 é uma ótima alternativa. Considere a compra desse produto no futuro, ou ao menos coloque esse dispositivo na lista daqueles fones que precisam entrar no seu radar para um eventual investimento.


Compartilhe