Wetten.com Brasil Apostas
Home » Dicas, Truques e Macetes » Resolva o bug do aumento de dados do Windows Defender

Resolva o bug do aumento de dados do Windows Defender

Compartilhe

O Windows Defender é uma eficiente solução implementada pela Microsoft para oferecer uma maior segurança aos computadores com Windows 10. Porém, ele não é perfeito (assim como nenhum software é), e pode apresentar problemas.

Um dos últimos problemas detectados no Windows 10 é no aumento considerável de consumo de espaço de armazenamento “do nada” ou de forma aleatória. E há quem diga que o culpado para essa anormalidade é o Windows Defender.

Neste post, vamos falar sobre o assunto, explicar o que está acontecendo e como você pode resolver o problema hoje mesmo.

 

 

 

O que está acontecendo com o Windows Defender?

 

 

Vários usuários nas redes sociais e nos fóruns da Microsoft acusam a redução de memória de armazenamento dos computadores, sem qualquer motivo. Após investigações, foi descoberto que a pasta do Windows Defender ocupava vários GB a mais do que o dia anterior, e sem que qualquer mudança acontecesse.

O problema afetou vários usuários, principalmente aos que executaram o Windows Defender no Windows Server 2016 e 2019. Várias soluções foram buscadas pelos usuários sobre o problema, seja desabilitando o software de proteção ou eliminando os novos arquivos, mas nenhuma das alternativas são consideradas oficiais pela Microsoft.

Até onde sabemos, não existe nenhum evento pontual por parte da Microsoft no Windows Defender que resulte no aumento do consumo de espaço de armazenamento dos computadores com o sistema Windows. Mas pelo menos a gigante de Redmond trabalho rápido para resolver o problema.

 

 

 

E qual é a solução para esse problema?

A Microsoft agiu rápido, e a mais recente versão do Windows Defender já conta com a correção para o problema de consumo anormal de espaço de armazenamento pelo software de proteção do sistema operacional Windows.

O problema foi detectado na versão 1.1.18100.5 do Windows Defender, mas a sua correção está na versão 1.1.18100.6. Bom, pelo menos até agora, os usuários que contam com o software mais recente não relataram tais problemas.

Por isso, é seguro dizer que o problema foi resolvido pela Microsoft nessa nova versão (1.1.18100.6) do Windows Defender. E a melhor forma para adotar essa correção em nosso computador é recorrendo ao Windows Update e verificar se existem atualizações pendentes.

Outra forma de descobrir se você pode ser vítima dessa falha é verificar qual é a versão do Windows Defender que está instalada no seu computador:

  1. Abra as configurações do Windows.
  2. Acesse o item de Segurança de Windows, e clique no ícone de engrenagem dessa tela (Configurações).
  3. Na parte inferior esquerda dessa nova janela, clique em Sobre, e consulte qual é a versão do Windows Defender que está instalada no seu computador.

 

 

Via Microsoft, Reddit, Neowin


Compartilhe