Redmi 9A vs Redmi 9C: qual baratinho da Xiaomi você deve comprar?

Compartilhe

Por que só temos que falar de smartphones top de linha?

Os modelos de smartphones Android de entrada melhoraram muito nos últimos anos, e entregam um desempenho muito bom para as tarefas mais básicas dos usuários. Por isso, vale a pena fazer o comparativo entre dois telefones de entrada da Xiaomi que são os queridinhos de muita gente: Redmi 9A e Redmi 9C.

Quem sabe este post pode ajudar na sua escolha em uma eventual compra para o Natal. Ou para o começo do novo ano. Ou para qualquer outro momento do ano, quando você decidir investir em um dos dois telefones.

 

 

 

Design

 

 

O Redmi 9C possui um leitor de digitais na parte traseira, enquanto que o Redmi 9A não possui esse item. As dimensões dos dois modelos são as mesmas, e o 9C é apenas duas gramas mais pesado, já que conta com um módulo de câmera um pouco diferente.

Os dois telefones contam com tela de 6.53 polegadas (HD+, 20:9, LCD IPS), com certificação TÜV Rheinland e notch em forma de gota. Ambos contam com carcaça de plástico, mas com diferentes opções de cores.

 

 

 

Processador (ambos da MediaTek)

 

O Redmi 9C recebe o processador Helio G35, discretamente superior por contar com uma frequência máxima de 2.3 GHz. Já o Redmi 9A possui um chip Ego G25 de 2 GHz. Ambos são fabricados com 12 nanômetros e trabalham com uma GPU IMG PowerVR GE8320.

O Redmi 9A está limitado aos 2 GB de RAM + 32 GB de armazenamento, enquanto que o Redmi 9C conta com 3 GB de RAM + 64 GB de armazenamento. Em ambos os casos são memórias no padrão eMMC 5.1 e expansíveis via microSD.

 

 

 

Câmeras

 

 

O Redmi 9A possui apenas um sensor traseiro de 13 MP, enquanto que o Redmi 9C carrega uma câmera tripla na parte traseira (13 MP + 2 MP + 2 MP). Na parte de vídeos, ambos gravam em resolução Full HD com foco manual e os recursos da MIUI 12 para efeitos avançados. E no sensor frontal, os dois modelos recebem um sensor de 5 MP (f/2.2).

 

 

 

Conectividade e bateria

 

Nenhum dos dois contam com 5G (obviamente), mas recebem conectores para fones de ouvido, dual SIM, Bluetooth 5.0 LE, GPS, GLONASS e Beidou. O Redmi 9C possui NFC em algumas versões, e os dois dispositivos recebem uma bateria de 5.000 mAh com recarga rápida de 10W.

 

 

 

MIUI 12 com Android 10

 

 

Os dois modelos recebem a última versão da capa de personalização da Xiaomi e serão atualizados com o Android 11. Porém, nos dois casos, a capa é um pouco modificada para entregar um melhor desempenho, perdendo opções como as janelas múltiplas ou as janelas flutuantes. Do mais, recebem todos os aplicativos do sistema da Xiaomi e a nova central de controle do software.

 

 

 

Qual você deve comprar?

 

 

Os dois modelos contam com preços muito próximos no Brasil, quando não recebem o mesmo preço em alguns e-commerces. Por isso, é fácil dizer que o Redmi 9C é a melhor relação custo-benefício, já que é mais potente, possui mais câmeras, mais opções de armazenamento e RAM e o NFC para pagamentos. Se puder, invista o seu dinheiro neste modelo.


Compartilhe