Redmi 8 vs Redmi 7: o que mudou? | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Redmi 8 vs Redmi 7: o que mudou? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Smartphones | Redmi 8 vs Redmi 7: o que mudou?

Redmi 8 vs Redmi 7: o que mudou?

Compartilhe

O Redmi 8 é o novo dispositivo de entrada da subsidiária da Xiaomi, e é o sucessor direto do Redmi 7, que até hoje é um dos telefones mais recomendados para quem busca o básico para o dia a dia por um preço reduzido. O novo modelo melhora alguns aspectos do seu antecessor, e esse post mostra as principais diferenças entre os dois dispositivos.

 

 

Mudança de design

 

 

É uma das principais mudanças. O Redmi 7 seguia a linha de design da família Note, com uma traseira brilhante, uma câmera em uma das laterais e o leitor de digitais no centro. Já o Redmi 8 é mais próximo dos modelos de 2019 nesse aspecto, especialmente na parte traseira, com novas cores e efeito de lava chamativo. As câmeras estão no centro, e junto com o leitor de digitais nós encontramos o logo da empresa.

Na parte frontal, não temos tantas diferenças. Os dois contam com um formato panorâmico, notch na área superior da tela e bordas mais grossas na parte inferior. Enquanto o Redmi 8 tem notch em forma de V, o Redmi 7 tem notch em forma de U. E o Redmi 8 adicionou o logo da Redmi.

 

 

Mais bateria no Redmi 8

 

 

Muito mais bateria.

O Redmi 7 contava com 4.000 mAh de bateria, entregando uma autonomia muito boa. Porém, os 5.000 mAh do Redmi 8 são matadores. A recarga também muda: de 10W no Redmi 7, passamos para 18W no Redmi 8.

Ahora tenemos más batería. Mucha más. El Redmi 7 destacaba por sus 4.000 mAh de autonomía. Teniendo en cuenta las especificaciones, la duración es bastante buena. Sin embargo, la compañía ha querido añadir 1000 mAh más al nuevo modelo: un total de 5.000 mAh para el Redmi 8. La carga también cambia. 10W en el Redmi 7 y 18W en el nuevo Redmi 8.

 

 

Pequenas mudanças no desempenho

 

 

A Xiaomi adicionou um processador menos potente no Redmi 8, para uma melhor relação custo-benefício. Por isso, o modelo recebe o Snapdragon 439, deixando de lado o Snapdragon 632 do Redmi 7, que é ligeiramente mais potente.

Já na memória RAM, o Redmi 7 chegou ao mercado com 2, 3 e 4 GB. Agora, no Redmi 8, temos os modelos com 3 e 4 GB. No armazenamento, fim da versão de 16 GB no modelo desse ano, ficando as versões com 32 GB e 64 GB (expansíveis via microSD de até 512 GB).

 

 

A tela está um pouco menor no Redmi 8

 

 

O Redmi 7 contava com uma tela de 6.26 polegadas, enquanto que o Redmi 8 possui uma tela de 6.22 polegadas. Ambas em LCD, ambas com resolução HD+, mas com uma menor densidade de pixels no modelo desse ano.

Os preços também mudaram, mas é preciso lembrar que os valores do Redmi 8 para a versão internacional desse dispositivo não foram revelados. Dito isso, o modelo base do Redmi 8 custa 100 euros, enquanto que a versão base do Redmi 7 custa 140 euros.

Estas são as principais mudanças do Redmi 8 em relação ao Redmi 7. Lembrando que as especificações do modelo lançado esse ano podem mudar para o mercado internacional, principalmente nas configurações de RA e armazenamento.


Compartilhe