TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Redes VPN triunfam na crise do COVID-19 | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Internet | Redes VPN triunfam na crise do COVID-19

Redes VPN triunfam na crise do COVID-19

Compartilhe

O repentino aumento de pessoas trabalhando em home office ao redor do mundo por causa da pandemia do coronavírus representou em uma importante mudança no padrão de uso de redes e aplicativos: o maior uso das redes privadas virtuais, ou VPN (Virtual Private Network).

As VPNs empresariais permitem aos seus usuários a conexão segura com as redes corporativas para um acesso remoto. Uma medida que aporta segurança, pois a conexão é feita através de uma via controlada pela própria empresa.

 

 

 

Segurança acima de tudo para o teletrabalho

 

As administrações públicas também estão adotando as VPNs para garantir que os seus funcionários continuem trabalhando de casa com segurança nas proteção dos dados. Aqui em Florianópolis (SC), eu tive que realizar a instalação e configuração de softwares VPN para funcionários públicos que estão trabalhando em home office por pelo menos duas oportunidades.

De qualquer forma, o aumento de uso da VPN está acontecendo em todo o planeta, com porcentagens estratosféricas. Uma amostra do que está acontecendo pode ser registrado pelo NordVPN, um dos grandes provedores dentro desse segmento.

O NordVPN tornou público os dados que a empresa gerencia, indicando que o uso das VPNs empresariais aumentou aproximadamente 165% desde o dia 11 de março. Em alguns países mais desenvolvidos, como é o caso da Holanda, o aumento de usuários dentro do seu serviço foi de incríveis 240%.

Outros países ao redor do mundo reforçam essa tendência de aumento das VPNs como solução para os profissionais que estão trabalhando em home office ou em modo de teletrabalho. É importante lembrar que, em muitos casos, esses profissionais precisam acessar os servidores ou terminais que estão nos escritórios físicos, e o modo remoto desse acesso não pode ser feito por qualquer rede, para evitar interferências de outros usuários externos e, em casos mais críticos, dos hackers.

A seguir, apresentamos uma lista do NordVPN com outros países que registraram um forte aumento no uso dos serviços de VPN:

 

Áustria: 208%
Canadá: 206%
França, Bélgica e Dinamarca: todos entre 189% e 190%
Espanha: 95%
Estados Unidos: 66%
Reino Unido 48%

 

Para os especialistas da NordVPN, até mesmo o aumento mais discreto em países como Estados Unidos e Reino Unido registram aumentos similares ao de outros países, conforme os dois países vão adotando medidas de confinamento coletivo mais rígidas. Ou seja, esse número tende a aumentar nas próximas semanas.

Outra empresa que se destaca dentro desse segmento é a Atlas VPN, que oferece a algum tempo os seus dados de uso de suas soluções. E os números aqui são bem diferentes (mas não podem ser comparáveis com os dados apresentados pela NordVPN, pois existe uma considerável diferença de datas). Mesmo assim, o aumento de uso de VPN ainda é significativo: a França registrou um crescimento de 21%, na Espanha o aumento é de 36%, e na Itália, país onde o coronavírus atacou de forma mais pesada e enfática (e onde o isolamento social é mais rígido), o aumento foi de 112%.

A seguir, deixamos um gráfico publicado pela Statista, que mostra melhor o aumento do uso dos serviços da Atlas VPN durante a pandemia do COVID-19:

 

 

 

Via ZDNet, Statista


Compartilhe