R.I.P. Gearbest | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia
R.I.P. Gearbest | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Internet | R.I.P. Gearbest

R.I.P. Gearbest

Compartilhe

Parece que a Gearbest morreu, e eu nem fui avisado para tripudiar dela.

Tá, maldade da minha parte? Sim, mas é algo mais que justo. Por diversas vezes eu fui esnobado pela Gearbest, pois cheguei a praticamente implorar para ser parceiro da loja no TargetHD.net. Não foram poucos os e-mails enviados que não foram respondidos, e esse e-commerce nunca viu o meu blog ou canal do YouTube com real potencial para parceria.

Hoje, AliExpress, Bangood, Baseus, Tronsmart e outros parceiros estão trabalhando com o TargetHD.net.

E a Gearbest?

Bem… parece que a Gearbest se f*d#u mesmo!

 

 

 

Rumores de bancarrota

O site da Gearbest está inacessível há pelo menos 10 dias, e quem tenta acessar recebe a mensagem de URL inválida. Há quem diga que o e-commerce entrou em bancarrota, e como o site não é acessado em lugar nenhum do mundo, tudo indica que este não é um problema parcial, mas sim, global.

 

 

A conta do Twitter da Gearbest está inativa desde abril de 2020, e a última mensagem na sua conta do Facebook é de 7 de julho de 2020. Ou seja, na pior das hipóteses, o time das redes sociais do site foi demitido antes de tudo piorar.

Os documentos que poderiam indicar o registro de bancarrota da Gearbest foram apresentados em junho de 2021, e isso não necessariamente pode indicar a falência da empresa. Porém, deixa claro que a situação financeira é sim bem complicada.

As ações da Gearbest na bolsa de Shenzhen despencaram com perdas econômicas muito sensíveis durante o quarto trimestre de 2020. Algo simplesmente surreal, considerando que este é o período do ano mais lucrativo para qualquer e-commerce, sem falar no cenário global que ainda estamos enfrentando (isso mesmo… ainda não acabou…), onde a esmagadora maioria das pessoas estão comprando enlouquecidamente pela internet.

O que também se sabe é que os acionistas da empresa reduziram os fundos fornecidos para as suas operações, e foi justamente isso o que resultou na queda das ações na bolsa. O resultado disso é uma dificuldade ainda maior para que a loja online se mantenha operacional.

 

 

 

Um triste fim para a Gearbest (só que não)

De novo: meu blog, minhas opiniões polêmicas.

NA MINHA OPINIÃO (tenho que escrever em caixa alta, pois os analfabetos funcionais não entendem o português claro), bem feito para a Gearbest! Quem mandou me esnobar? É isso o que dá.

Agora, falando um pouco mais sério.

A Gearbest nasceu em 2014, e em 2018 se tornou uma gigante do e-commerce, se tornando uma das empresas chinesas mais importantes ao redor do mundo. Em 2019, realizou uma reformulação de imagem e de reestruturação, incorporando no seu site eletrônicos, roupas, complementos para o lar, entre outros.

Porém, pelo menos dois fatores relevantes (entre outros, como a incompetência na gestão interna) contribuíram para a morte da Gearbest.

O primeiro foi a concorrência natural com o AliExpress e o Bangood, que hoje estão bem mais robustos no mercado. O segundo motivo está nas mudanças da legislação europeia, que passou a cobrar impostos de produtos importados com baixo custo de e-commerces asiáticos.

De qualquer forma, eu mesmo não vou sentir falta alguma da Gearbest. E acredito que a maioria das pessoas que hoje compram produtos na internet também não vão perceber o seu desaparecimento.

 

 

Via Smartworld, Menworld


Compartilhe
TargetHD.net