Cinco dias de abstinência do Facebook podem reduzir significativamente os níveis de estresse.

É o que revela um novo estudo realizado por Eric Vanman, que acompanhou 138 usuários do Facebook, que passam três ou mais horas por dia na rede social. A metade deles deixou de acessar o serviço por cinco dias consecutivos, e os resultados desse grupo foram comparados com aqueles que permaneceram utilizando o serviço.

Com base nos níveis de cortisol (o hormônio indutor do estresse) medido a partir de amostras de saliva, o estresse vivenciado pelos usuários diminuiu significativamente depois da abstinência ao Facebook.

Não existe um nível média de estresse, já que os corpos humanos são diferentes, e os limites de tolerância ao cortisol também são diferentes. Mesmo assim, o estudo aponta claramente uma relação entre o estresse e o uso das redes sociais.

Por outro lado, não há uma verdade absoluta. Muitas pessoas afirmam que ficar longe das redes sociais não causa uma sensação de bem-estar. Vanman explica que isso acontece pelo medo de perderem eventos importantes no seu círculo social. Logo, os efeitos negativos da abstinência ao Facebook são resultados de um comportamento condicionado.

O investigador garantiu que tirar mini férias do Facebook pode realmente ajudar na redução do estresse.

E eu conheço alguns casos próximos a mim onde se livrar do Facebook realmente ajudou a ter uma vida mais saudável e feliz.

 

Via CNBC