TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Quem vence a Copa do Mundo 2022, de acordo com o “multiverso” | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Esportes | Quem vence a Copa do Mundo 2022, de acordo com o “multiverso”

Quem vence a Copa do Mundo 2022, de acordo com o “multiverso”

Compartilhe

A Copa do Mundo FIFA 2022 vai começar e, ao que parece, finalmente o mundo entrou no clima para a competição. Bom, pelo o que entendi, só o Brasil está meio atrasado nessa vibe, mas estou aqui fazendo a minha parte: alimentando os geeks de informações e curiosidades sobre a principal competição esportiva do ano.

Eu já escrevi um artigo sobre as previsões para um possível vencedor da Copa do Mundo FIFA 2022 a partir da perspectiva dos sistemas de inteligência artificial estabelecidos. Agora, temos um parâmetro bem diferente: um verdadeiro multiverso de Copas do Mundo do Catar alternativas, mostrando várias possibilidades sobre os resultados.

Neste artigo, vamos mostrar o que o multiverso aponta para um possível vencedor da Copa do Mundo FIFA 2022. Quem sabe o seu bolão não fica um pouco melhor depois das informações que vamos apresentar a partir de agora.

 

Boas notícias para os torcedores brasileiros

O grupo Zeileis fez o mesmo experimento para determinar o vencedor da Eurocopa 2020 (que aconteceu em 2021), utilizando técnicas de Machine Learning e análise de probabilidades para prever os resultados da Copa do Mundo FIFA 2022.

Para isso, o grupo fez uso do “foque de bosque aleatório”, uma técnica utilizada para analisar grandes quantidades de dados, simulando o torneio 100.000 vezes para obter os resultados mais prováveis sobre o vencedor. É um dos métodos para realizar previsões estatísticas entre outros tantos que foram utilizados nas últimas semanas para a mesma finalidade.

Dito isso, os dados analisados colocam o Brasil como favorito a vencer a Copa do Mundo 2022, com 15% de probabilidades de vencer a competição (entre os 32 países classificados para a fase final do torneio).

Porém, esse favoritismo é seguido muito de perto por outras seleções que hoje estão muito bem cotadas para levantar a Copa do Mundo, como Argentina, Países Baixos, Alemanha e França. Já a Espanha não é tão favorita assim, ficando com apenas 7,5% de chances de vencer o torneio.

Para entregar esses resultados, o time de analistas utilizou três grandes fontes de informação:

  • A estimativa da capacidade de cada seleção, baseada em partidas históricas, com base em todos os jogos realizados nos últimos 8 anos.
  • A estimativa da capacidade de cada seleção com base nas probabilidades levantadas por 28 casas de apostas esportivas.
  • As covariáveis adicionais de cada seleção (valor de mercado, estrutura, condição física dos jogadores etc.), além dos fatores socioeconômicos específicos de cada país (população, PIB etc.).

Ou seja, o estudo considerou os dados entre as copas do mundo de 2002 e 2018, e a soma dos dados coletados dão resultados inferiores a 100% quando somadas as porcentagens de chances de todas as seleções participantes da Copa do Mundo 2022.

Um gráfico interativo mostra as probabilidades de uma seleção vencer em um confronto direto com outra seleção. Ao posicionar o mouse em uma das linhas, você encontra informações sobre as probabilidades dos confrontos específicos, onde o gráfico é ordenado do maior para o menor desempenho, com as equipes com maiores chances de título na parte superior. No gráfico de desempenho, podemos ver também as chances de casa seleção em passar de fase.

 

Esse estudo funcionou antes?

Apesar da metodologia ser válida, o histórico recente da Zeilis não é bem sucedido.

Na análise feita para a Eurocopa 2020, a campeã Itália tinha pouco menos de 8% de chances de vencer o torneio, e a favorita para o triunfo era a França, que ficou pelo caminho bem antes da fase semifinal. Por outro lado, o estudo acertou a Espanha no pódio da competição.

Ou seja, tudo o que temos aqui são apenas números teóricos, com fontes que pouco podem influenciar na realidade prática da Copa do Mundo FIFA 2022. O histórico pode até pesar um pouco, mas não tem tanta relevância diante do desempenho de cada equipe em campo.

Logo, não quero jogar água no seu chope, mas é melhor não se animar tanto com esses dados estatísticos. As múltiplas variáveis da Copa do Mundo não foram analisadas neste estudo, e no campeonato mundial de futebol mais difícil da história, o imponderável futebol clube certamente se fará presente com maior frequência do que o imaginado ou estimado.


Compartilhe