Um estudo de mercado realizado pela empresa Liftoff mostra que as chances de uma mulher finalizar uma compra in-app após a instalação de um jogo é 79% maior que nos homens. Em 2017, o gênero feminino se mostrou o público gamer ideal para as empresas.

O estudo aconteceu entre os dias 1 de junho de 2017 e 31 de maio de 2018, onde mais de 300 aplicativos/jogos foram analisados, com mais de 45 bilhões de impressões.

Apesar do estudo concluir que as mulheres realizam mais compras depois de instalar jogos, a maioria das empresas desenvolvedoras seguem apostando em jogos que não pensam nas mulheres como público alvo.

Isso porque as mulheres tem preferências bem diferentes que a dos homens na hora de jogar no smartphone. Os homens preferem jogos de ação e estratégia, e as mulheres preferem os jogos puzzle. Porém, os jogos de cassino parecem agradar aos dois gêneros.

Também existem grandes diferenças na forma em que os dois gêneros descobrem novos jogos. Nas mulheres, 39% descobre novos jogos através de amigos e familiares, e 20% através das redes sociais. Já nos homens, apenas 27% são através de amigos e família, com maior interesse nos reviews ou sites de tecnologia (26%).

 

Esta é uma era de ouro para o marketing no mundo dos jogos para smartphones. O custo de aquisição de usuários por anúncios caiu muito no último ano.

E, apesar do estudo revelar que as mulheres são mais propícias a realizar compras nos jogos de smartphones, as empresas de marketing não focam nesse público. E o segmento mobile gaming está, nesse momento, dividido entre homens e mulheres em número de usuários.

 

 

O estudo também revela que, apesar de ser muito mais barato adquirir um usuário Android ($6,37), os usuários do iOS ($11,08) são muito mais valiosos, pois a taxa de conversão de gastos é muito maior (21% do iOS, 10,8% do Android).

O estudo não tinha como objetivo provar de forma indiscutível que mulheres são quem mais dinheiro gasta nos smartphones, mas sim demonstrar que, hoje, elas são tão ou mais valiosas para as empresas. Especialmente na hora de pensar no desenvolvimento dos seus futuros jogos.

 

Via Liftoff