Você até pode considerar hoje uma impressora como algo obsoleto. Eu mesmo me esforço para eliminar a enorme quantidade de papel que me cerca. Mas muitas pessoas ainda precisam contar com uma boa impressora em casa ou no escritório. Sem falar que muitos lugares ainda exigem documentos impressos para pagamentos.

Contar com uma boa impressora pode significar uma economia considerável ao longo do ano, principalmente em tinta, papel impresso e tempo no processo de impressão (mesmo que seja aquele tempo que você deixa de ir até uma papelaria).

Nesse post, temos quatro dicas para o usuário identificar o equipamento ideal e começar a economizar em suas impressões.

 

 

1. Escolha uma impressora multifuncional

Aposte em um equipamento que não vai limitar você na impressão, mas que também permita a realização de outras tarefas, como escanear, fotocopiar, imprimir fotos e economizar folhas de papel com uma impressão dos dois lados da folha de forma automática.

 

 

2. Compre uma impressora que tenha conectividade

Vivemos em um mundo WiFi, onde todos podemos conectar um dispositivo a outro com facilidade. E com as impressoras não seria diferente. Está bem fácil imprimir a partir do smartphone, do laptop, do tablet ou outro dispositivo móvel, dispensando o uso de cabos ou portas USB.

 

 

3. Economize com o uso de tinta

Observe para o tipe de tinta que você vai utilizar em sua impressora. Ficou para trás o uso de cartuchos (que ainda são muito populares), e as impressoras a laser podem render até 35 vezes mais do que os cartuchos (podem imprimir 7.500 páginas coloridas e 4.500 páginas em preto e branco, sem precisar trocar as tinas por até dois anos).

 

 

4. Escolha uma tecnologia eco amigável

Hoje, existem as tecnologias de injeção de tinta e laser. A primeira é conhecida pelo seu baixo consumo de energia e custo por impressão, e é amigável ao meio ambiente, gerando uma mínima quantidade de dejetos ao substituir 35 cartuchos por uma garrafa de plástico reciclável, além da opção de impressão duplex permite um menor uso de papel.