Quanto custa o iPhone 12 baseado no preço de suas peças? | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia
Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Notícias | Quanto custa o iPhone 12 baseado no preço de suas peças?

Quanto custa o iPhone 12 baseado no preço de suas peças?

Compartilhe

A essa altura do campeonato, todo mundo sabe que a família de smartphones iPhone 12 é cara, principalmente aqui no Brasil. E são smartphones que ficam ainda mais caros quando pensamos que a Apple retirou do kit de venda do produto os carregadores, que agora são vendidos separadamente, por preços igualmente caros.

A Apple, como toda grande empresa de tecnologia, está visando o lucro. E não podemos julgá-la por isso. É o que toda empresa quer. Porém, a gigante de Cupertino extrapola todos os limites com medidas absurdas e cobrando valores muito maiores do que dos dispositivos realmente poderiam custar.

Isso fica claro quando ficamos sabendo quanto custa fabricar um iPhone. Não que o dispositivo chegaria ao consumidor final pelos preços reduzidos dos custos de fabricação, mas a margem de lucro que a Apple obtém com a venda de cada unidade é simplesmente exorbitante.

Vamos então conhecer os números do custo de fabricação do iPhone 12.

 

 

 

Muito menos caro quando conhecemos os valores das peças

 

Ser fiel ao iPhone custa caro. Muito caro. Já os usuários de smartphones Android podem se beneficiar da promiscuidade em trocar de dispositivo sempre que um modelo melhor e menos caro aparece. Já o fã do iPhone não tem essa chance.

E a tristeza bate quando são revelados os custos de fabricação do iPhone. E quem é o responsável pela sua futura depressão tecnológica é o site Fomalhat Techno Solutions, que desmontou o iPhone 12 para estimar o seu custo real, considerando os seus componentes.

Um smartphone nada mais é do que um quebra-cabeças montado, com peças fabricadas por diferentes fornecedores que, juntas, dão forma ao produto final. Pois bem, dito isso, o custo total do hardware do iPhone 12 é de aproximadamente US$ 373, onde os componentes mais caros são a sua tela OLED (US$ 70), o processador A14 Bionic (US$ 40), a memória flash e memória RAM (US$ 32) e o sensor fotográfico Sony CMOS (entre US$ 7,4 e US$ 7,9).

 

 

 

Custos adicionais que precisam ser considerados

 

 

É importante levar em consideração que a análise dos custos de fabricação do iPhone 12 só considera os custos dos seus materiais. O custo real para que o produto chegue ao mercado, incluindo a logística de transporte, embalagem, distribuição para as lojas, margem de lucro da Apple, “custo Brasil” entre outros não foram considerados na análise e são dados que só a fabricante do telefone pode estimar.

Além disso, custos com I+D, marketing e outras variáveis também ajudam a inflacionar o valor de US$ 373 que só envolvem os componentes de hardware. Lembrando que a Foxconn, como responsável pela fabricação do produto, leva a sua fatia do bolo que, baseado nas informações obtidas para as gerações anteriores, é estimado em US$ 21 por unidade vendida.

De qualquer forma, ainda que a Apple tenha eliminado os fones de ouvido e o carregador do kit de venda, alguns analistas afirmam que, por incrível que pareça, a margem de lucro do iPhone 12 é menor que a dos outros anos. O suporte ao 5G, as telas OLED em todos os modelos e as novas capacidades de armazenamento ajudam a explicar esta teoria.

E, por tabela, podem ajudar a explicar também por que a Apple quer recuperar as perdas com as margens de lucro apenas com as vendas do iPhone 12 no Brasil. Sim, pois só isso explica o preço entre R$ 7 mil e R$ 14 mil por aqui.

 

 

Via GizChina


Compartilhe