Wetten.com Brasil Apostas
Home » Telefonia » Qual é o melhor processador para smartphones de 2021?

Qual é o melhor processador para smartphones de 2021?

Compartilhe

Existem diferentes marcas e modelos de processadores no mercado, e apesar desse elemento não ser hoje o mais relevante para determinar o melhor desempenho de um dispositivo, muitos ainda querem ter o melhor chip para realizar o seu trabalho, estudo ou entretenimento.

Por isso, vamos mostrar nesse post quais são os processadores que podemos encontrar no mercado e, dentro de alguns critérios subjetivos, sugerir aqueles que são os melhores, dentro de diferentes características.

Não vamos apenas olhar para os testes de desempenho, mas sim para onde cada processador se sai melhor, considerando os cenários aplicados e as possíveis variáveis nos demais itens do dispositivo.

 

 

 

Qualcomm

A norte-americana Qualcomm é a mais popular do mercado nesse momento, e seu chip mais avançado para os smartphones Android em 2021 é o Snapdragon 888, que está presente em dispositivos de difrentes fabricantes (Samsung, Xiaomi, LG, OnePlus, OPPO ou Realme).

 

 

 

MediaTek

Podemos dizer que é a segunda colocada nesse ranking, e cresceu muito nos últimos anos, alcançando 31% do mercado no terceiro trimestre de 2020, ficando inclusive na frente da Qualcomm (que ficou com 29%). Seu principal processador é o Dimensity 1200, que é compatível com o 5G.

 

 

 

Samsung Exynos

Seu processador mais potente até o momento é o Exynos 2100, presente na série Galaxy S21, com fabricação de 5 nanômetros. A Samsung possui fábricas em diferentes países do mundo, o que pode ajudar a garantir um estoque de fabricação para os futuros lançamentos. Porém, foi uma das empresas que recentemente afirmou que pode sofrer com a escassez de chips que ocorre nesse momento em todo o planeta.

 

 

 

Huawei Kirin

Tem como seu processador mais potente neste momento o Kirin 9000 de 5 nanômetros, que promete entregar uma potência extra de CPU de até 30%, considerando algumas condições específicas. Seu futuro nos EUA ainda é incerto por conta das restrições estabelecidas pelo governo daquele país.

 

 

 

Apple

Começou a fabricar os seus próprios processadores a partir do iPhone 5S, e hoje tem o poderoso Apple A14 no iPhone 12, com construção em 5 nanômetros e arquitetura ARM de 64 bits. Até o presente momento, não sabemos qual será o chip que a empresa vai lançar com o futuro iPhone 13.

 

 

 

Intel Spreadtrum

Está nesse projeto de desenvolvimento de processadores para smartphones desde 2016, mas sem maiores condições de competir com os grandes players do mercado. Mesmo assim, tem como objetivo oferecer uma solução de bom desempenho com um consumo energético mais ajustado.

 

 

 

Qual é o processador mais potente?

Nesse momento, o Apple A14 entrega um melhor desempenho, autonomia de bateria e otimização ao iPhone, superando com certa sobra o Qualcomm Snapdragon 888, o chip mais potente do universo Android.

Nos testes de desempenho do Geekbench, o A14 obteve 1583 pontos, contra 1127 do Snapdragon 888. Nos testes multiuso, o primeiro alcançou 3824 pontos, contra 3666 do segundo.

Na prática, a grande maioria dos usuários não vão perceber grandes diferenças no desempenho. Mas os números não negam: temos o Apple A14 como um claro vencedor em um comparativo simples e direto com o Snapdragon 888.

Não podemos nos esquecer do Exynos 2100 nesse momento, que obteve uma pontuação single core de 1135 pontos, e no multi core alcançou 3818 pontos, ficando inclusive acima do Snapdragon 888.

Por outro lado, a MediaTek claramente está focada no mercado de linha média (premium) com o Dimensity 1200, reforçando o crescimento dessa família de chips nos dispositivos intermediários. A empresa aproveita o sucesso do Realme 8 5G, que chamou a atenção com o chip Dimensity 700.


Compartilhe