De acordo com a agência de análise de mercado Mixpanel, o smartphone com iOS mais popular entre os usuários não está entre os lançamentos mais recentes. Algo esperado, quando falamos em fidelidade de marca.

Uma coisa que é preciso ressaltar é que não é justo apelidar o iPhone 7 e o iPhone 7 Plus de “smartphones antigos”, uma vez que eles foram lançados em 2016. Além disso, a pesquisa da Mixpanel inclui os smartphones com iOS lançados nos últimos quatro anos, ou seja, as primeiras gerações do dispositivo ficaram de fora.

A tabela, referente ao mês de agosto de 2018, mostra os dados referentes ao estudo, que tem como finalidade ilustrar o cenário atual de fidelidade dos usuários.

 

 

Modelos com dois anos de mercado (iPhone 7, 7 Plus) são hoje os mais utilizados, seguido dos modelos com três anos de mercado (iPhone 6s, 6s Plus). É surpreendente ver o iPhone X praticamente empatado com o iPhone 7 e 7 Plus.

Por outro lado, constatamos a quase insignificância dos modelos iPhone 8 e 8 Plus, que representam hoje menos de 30% dos dispositivos iOS em uso.

Por consequência, com mais de 1 bilhão de smartphones iOS no mercado, os dados são considerados bem relevantes. E é provável que muitos dos atuais proprietários dos iPhones 7 e 7 Plus façam o upgrade para os novos iPhone XS, XS Max e XR.

O fato do iPhone 7 ainda ser muito popular mostra como o produto é de boa qualidade. Vários aspectos do dispositivo foram elogiados na época do seu lançamento, e muita gente entendeu que o upgrade em 2017 era injustificado.

Também é preciso verificar a segunda posição. Muita gente com o iPhone 6s e 6s Plus nas mãos reforçam essa ideia de produto de boa qualidade, pois três anos com um smartphone é muito tempo. Aliás, alguns com certeza vão para o quarto ano com esses modelos nas mãos, pois funcionam sem problemas até hoje.

 

Via Mixpanel