O 5G finalmente está chegando (apesar de leis estúpidas em Santa Catarina querendo banir esta tecnologia daqui), e é importante você saber que existem pelo menos duas redes 5G que podem chegar por aqui: a 5G SA e a 5G NSA. Quais são as diferenças entre as duas?

Vamos responder a essa e outras perguntas nesse post.

 

 

O que é o 5G NSA?

 

A rede 5G NA ou 5G não autônoma é a que utiliza boa parte da tecnologia implementada com o 4G LTE, mantendo tanto o seu núcleo como parte de sua infraestrutura. Ela conta com uma velocidade máxima de download e upload de 2 Gbps e 150 Mbps teóricos, muito distante de sua concorrente 5G SA. Sua latência é de 15 milissegundos, e a densidade de dispositivos por quilômetro quadrado é de até 1 milhão.

 

 

O que é o 5G SA?

 

As redes 5G SA é uma rede mais potente, que permite usufruir do 5G de forma mais ampla e irrestrita. Conta com uma velocidade de download teórica máxima de 20 Gbps, ou seja, dez vezes mais rápida que a oferecida pelas redes NSA. A velocidade de upload ainda não conta com um padrão estabelecido, mas especialistas falam de velocidades de até 10 Gbps.

Mas a principal vantagem das redes 5G SA em relação à 5G NSA está na latência, que é de apenas 1 milissegundo. Uma vez que essa rede possui a mesma densidade de dispositivos por quilômetro quadrado, é de se esperar que ela possa acolher o mesmo número de gadgets conectados ao mesmo tempo.

 

 

 

E o 5G+, 5Ge, 5GR e 5GF?

 

É possível encontrar múltiplas derivações da 5G, dependendo da velocidade oferecida por cada operadora e, principalmente, da cobertura. Nos Estados Unidos, onde o 5G já é uma realidade, os diferentes modelos de smartphones compatíveis já mostram vários tipos de 5G, dependendo da recepção e da operadora. De um modo geral, existem quatro subdivisões do 5G: 5G+, 5Ge, 5GR e 5GF. A diferença entre todas elas parte da velocidade e da cobertura, tal e como acontece hoje com as redes HSDPA, HSDPA+, 4G e 4G+.

Na prática, o 5Ge não é um 5G real, mas sim um 4G+ melhorado. Já o 5GR e 5GF querem dizer rede segura (R de reliable) ou rápida (F de fast). E o 5G+ é o 5G padrão e real, que pode muito bem ser o 5G SA.

Ainda não existe um consenso entre operadoras de telefonia e fabricantes de dispositivos. Logo, as nomenclaturas ainda podem sofrer variações durante o processo de transição do 4G para o 5G.

 

 

Todos os smartphones 5G são compatíveis com o 5G NSA e o 5G SA?

 

Não.

A seguir, a lista dos smartphones compatíveis com cada tipo de rede:

Smartphones 5G compatíveis com o 5G NSA
LG V50 ThinQ 5G
Xiaomi Mi MIX 3 5G
ZTE Axon 10 Pro 5G
Samsung Galaxy S10 5G
Oppo Reno 5G

Smartphones 5G compatíveis com o 5G SA
Huawei Mate 20X 5G
Samsung Galaxy Note 10+ 5G? (pendente de confirmação)

 

 

É recomendável comprar um smartphone 5G nesse momento?

 

Não, pelo menos por enquanto. A maioria dos dispositivos contam com um modem compatível exclusivamente com as redes 5G NSA, que nada mais é do que uma rede 4G+ atual melhorada. A única grande diferença a favor do 5G NSA é na velocidade de download, que supera em 100 MB/s a do 4G, além da latência, que é reduzida pela metade.

Você também deve levar em consideração que o 5G só vai desembarcar no Brasil a partir de 2020 e, ainda assim, em uma implementação que será bem lenta.

Mas se a sua pressa é absurda, você tem como opções adquirir smartphones como o Huawei Mate 20X 5G ou o Samsung Galaxy Note 10+ 5G, que são compatíveis com a rede 5G SA. E, ainda assim, ter uma boa dose de paciência para explorar todo o potencial de internet móvel desses modelos por aqui.