Quais dados podem saber de você ao pagar via NFC com o seu smartphone | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Quais dados podem saber de você ao pagar via NFC com o seu smartphone | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Quais dados podem saber de você ao pagar via NFC com o seu smartphone

Quais dados podem saber de você ao pagar via NFC com o seu smartphone

Compartilhe

Qualquer bom smartphone disponível no mercado conta com um chip NFC integrado. Com ele, podemos realizar várias tarefas no dispositivo de forma mais rápida, onde a principal utilidade desta tecnologia é, sem sombra de dúvida, realizar pagamentos a partir do telefone.

Porém, não são todas as pessoas que confiam nessa tecnologia para gerenciamento financeiro e dos pagamentos de suas contas. Nessa e em outras tecnologias disponíveis. E o nosso objetivo com esse post é reduzir essas desconfianças, mostrando quais são os riscos envolvidos no uso do NFC para realizar pagamentos a partir do smartphone.

 

 

 

É possível roubar dados ao realizar pagamentos com o smartphone?

 

 

Pagar contas via NFC é algo extremamente seguro e confiável, e isso não é conversa de alguém que quer vender o peixe para você (até porque este post não é patrocinado por nenhuma empresa pertencente ao mercado financeiro). Estou afirmando isso justamente por causa da tecnologia presente neste método.

O NFC basicamente trabalha com códigos de identificação que são considerados únicos e totalmente aleatórios, que só podem ser utilizados uma única vez. Ele utiliza um sistema de tokens para gerar esses códigos confiáveis.

Uma vez criado o código que vai identificar a operação a ser realizada, ele não é armazenado em nenhum servidor externo, sempre em um número único no dispositivo e totalmente encriptado.

No caso do iPhone, o Apple Pay cuida do gerenciamento dos tokens, enquanto que nos dispositivos com Android 10 ou superior, existe um recurso que cuida dessa parte: o Secure NFC. Para o sistema operacional do Google, um único chip é dedicado para essa tarefa de pagamentos, e só é ativado quando a tela do smartphone estiver completamente desbloqueada, para evitar pagamentos em caso de perda ou roubo do dispositivo.

Já o iPhone só vai liberar o envio das informações de pagamentos quando o telefone realizar a autenticação via Face ID, Touch ID ou pelo código de segurança e desbloqueio do telefone.

Além de tudo isso, o NFC do smartphone utiliza uma frequência de curto alcance, o que obriga o smartphone a ficar a menos de 10 centímetros do terminal de pagamento para que a transação se concretize. E em caso de roubo remoto de dados ou fraude, você conta com o mesmo respaldo legal oferecido quando se tem problemas nas compras com cartões de crédito ou débito.

 

 

 

Quais são as informações transmitidas nas transações via NFC?

 

 

Existe um compromisso por parte de Apple e Google para que os dados financeiros dos usuários não sejam transmitidos para terceiros. e seus dados bancários jamais são compartilhados com o estabelecimento onde você realizou o pagamento via NFC.

Só você vai saber sobre a movimentação da sua conta bancária. Você e o seu banco, obviamente. Neste aspecto, o aplicativo do seu banco instalado no seu smartphone é de vital importância para que tudo fique registrado e monitorado com eficiência.

Com o aplicativo do seu banco, é possível saber dados como:

  • A data e a hora de uma transação.
  • Qual foi o estabelecimento onde a transação aconteceu.
  • O valor pago na transação.

 

Leve em consideração que o aplicativo do banco precisa ter uma série de permissões no dispositivo para que os pagamentos através do smartphone aconteçam de forma perfeita e adequada, tais como a localização (cujo acesso pode ser restrito), agenda de contatos e armazenamento de dados.

Os bons aplicativos contam também com protocolos de segurança SSL ou TLS, que impedem a identificação de dados do cliente que são enviados pelo aplicativo, pois dessa forma esses dados não serão decodificados com facilidade.

Por outro lado, se o seu banco ou o estabelecimento onde o pagamento será feito utiliza tecnologias de terceiros, revise com muito cuidado quais são as permissões que você vai dar para essa plataforma. Muito cuidado com as informações que o app vai solicitar. Se você entende que uma determinada permissão não é necessária para realizar uma transação, negue essa permissão sem pensar duas vezes.


Compartilhe