A maioria das pessoas ficam impressionadas quando se sentam diante de uma tela curva, mas não podemos identificar o que causa essa sensação de imersão.

As funções morfológicas do design curvo da tela faz com que o cérebro humano perceba e processe essa informação de forma tridimensional, gerando uma experiência visual mais imersiva e envolvente, diferente de uma TV de tela plana.

Nosso campo de visão diante de um objeto é mais curta do que nos cantos. Por isso, a tela curva aproxima esse campo dos campos, para que toda a tela tenha um raio de visão mais amplo, com maior percepção de profundidade, reduzindo ao mínimo as distrações periféricas para oferecer uma experiência imersiva.

As TVs com tela curva oferecem melhor proveito com as telas maiores, a partir de 75 polegadas, com resolução Full HD ou UHD 4K. Sua experiência é mais real com as cenas que cobram vida, e as telas curvas refletem menos luz ambiente, reduzindo as distrações visuais.

A curvatura das telas reduz a fadiga visual. Provas clínicas realizadas por departamentos de oftalmologia comprovam isso. Sem falar no maior envolvimento da experiência dentro de um campo de visão.

Logo, seja em uma tela LCD LED ou OLED, uma TV com Full HD ou Ultra HD, contar com uma TV com tela curva pode resultar em uma experiência de consumo de conteúdo superior, e um resultado final mais imersivo.

Além de serem tela sofisticadas, são mais finas e flexíveis que uma LCD tradicional, e ajuda consideravelmente a reduzir a fadiga visual, oferecendo uma experiência única para o consumo de cinema em casa.