Wetten.com Brasil Apostas
Home » Games » PS5 é um erro? Seu lançamento será adiado?

PS5 é um erro? Seu lançamento será adiado?

Compartilhe

Assunto polêmico nesse post! #Mamilos!

Para algumas pessoas, está mais ou menos claro que o Xbox Series X é (pelo menos na teoria) tecnicamente melhor que o PlayStation 5, e isso ficou claro depois que o console da Sony foi “dissecado”, revelando suas principais especificações técnicas.

Se bem que o PS5 não está tão ruim no seu conjunto técnico, com a grande exceção da GPU. Aqui, a diferença entre os dois consoles da próxima geração é assustadora, com o console da Microsoft levando ampla vantagem: 52 CUs e 3.328 shaders para o Xbox Series X, contra 36 CUs e 2.328 shaders para o console da Sony.

Muitos se pergunta por que a GPU do PS5 pode dar um salto tão alto no modo turbo com um núcleo gráfico com tão poucos shaders? Pois é… esse é um placebo para se aproximar de uma GPU tão potente montada pela Microsoft, tentando maquiar de alguma forma a diferença de potência existente entre os dois consoles.

E esse aumento de frequência do PS5 é mais do que questionável.

O salto de uma GPU acima dos 2.2 GHz só foi visto antes em testes de overclock extremos e, mesmo assim, com elevadas temperaturas e consumo geral do hardware, o que é péssimo. Sem falar que estamos falando de uma APU, e não de uma placa gráfica dedicada e uma CPU independente.

O negócio é ver para crer. Há quem diga que o PS5 só vai conseguir esse overclock na GPU reduzindo a velocidade da CPU para que tudo dentro dele não acabe fritando. A Sony diz que é possível o overclock sem comprometer o hardware. Será?

 

 

 

A Sony não está convencendo com seus argumentos

 

 

Contra números não há argumentos, e até que a Sony não mostre de verdade o que o PS5 é capaz de fazer, ninguém vai acreditar no papinho que tudo vai dar certo sem que alguma coisa pegue foco.

A sensação que fica é que a Sony dormiu nos louros do sucesso do PS4, e baixou a guarda para uma Microsoft que parece ter aprendido a lição com a derrota do Xbox One. E os rumores mais recentes confirmam essa sensação: um profissional do mundo dos videogames que tem contatos dentro desse setor garante que a Sony ficou desconcertada com o bom trabalho feito pela Microsoft com o Xbox Series X.

Outra impressão geral é que a Sony errou com o PS5, e na sua configuração atual, o produto não passa de um enorme problema, especialmente por causa do desequilíbrio de componentes e possíveis elevadas temperaturas de trabalho. Não adianta uma velocidade impressionante no SSD, mas se o mesmo gera muito calor. O mesmo vale para a APU do console dos japoneses.

A Sony precisa achar uma solução para controlar a temperatura de tudo, com um formato que dissipe o calor dos componentes. Algo que, em teoria, não conseguiu: caso contrário, já teria apresentado o formato final do console ao mundo. E isso pode resultar no adiamento do lançamento do produto entre seis e 12 meses.

Se isso acontecer, será um desastre para a Sony.

Mas… espere! Tem mais!

A mesma fonte revelou que há um forte descontentamento no setor porque está mais complicado otimizar os jogos com o hardware do PS5 do que com o hardware do Xbox Series X, e isso estaria diretamente relacionado com a forte dependência do console com os picos de frequência (carinhosamente chamado pela Sony de Modo Turbo) adotado pela CPU e GPU do console.

É algo no mínimo bizarro ver a Sony adotar uma gambiarra para tentar compensar um hardware que, no seu conjunto, é problemático em vários aspectos, mesmo sendo potente. È um cenário um tanto quanto apocalíptico para imaginar uma sequência de erros nesse porte.

De qualquer forma, vamos acompanhar de perto essa história para ver como tudo isso vai terminar. Todos esses detalhes vieram ao mundo de uma fonte oficial, de modo que ilustra uma realidade um tanto quanto diferente daquela que a Sony quer vender ao mundo (que, nesse momento, é uma realidade que não faz o menor sentido).

 

 

Via @Daniel_Rubino


Compartilhe