PS4 e Xbox One S já estão no mercado a algum tempo. O primeiro chegou no final de 2013, e o seungdo em junho de 2016. Apesar da diferença de tempo, o hardware do Xbox One S é basicamente o mesmo do Xbox One. Logo, vale a comparação.

Em termos de potência e desempenho, os dois consoles estão praticamente no mesmo nível. Porém, o PS4 recebeu mudanças nas revisões Slim além de uma redução de tamanho e pequenos ajustes internos, com uma APU de 16 nm para reduzir o consumo.

 

 

Mas nos jogos… o que significa na prática?

 

 

PS4 e Xbox One S podem rodar jogos atuais sem maiores problemas por causa da otimização. Os dois consoles contam com limites técnicos que não podem ser ultrapassados por causa da concepção inicial.

Na prática, todos os jogos atuais contam com um foco em sandbox e animações bem pobres em comparação com o seu aparato técnico, especialmente por causa da RAM disponível e dos respectivos processadores.

PS4 e Xbox One S já bateram no teto há muito tempo, mas se mantém no mercado e continuarão por aí por mais algum tempo graças aos consoles PS4 Pro e Xbox One X, renovações entre as gerações, o que prolongou a vida útil dos anteriores.

Quando o PS5 e o Xbox Two chegarem ao mercado, os modelos anteriores vão seguir recebendo jogos e não serão abandonados de forma súbita, e podemos estar diante da geração mais longeva da história.

Os dois consoles delimitam o real potencial dos jogos. O PS4 trabalha com 1080p na maioria dos casos, enquanto que o Xbox One S ficana resolução de 720p, com casos de resolução dinâmica de até 1080p.

Ou seja, os dois consoles podem rodar jogos no mesmo padrão gráfico de um PC gaming de entrada. Porém, não devemos nos esquecer do valor que oferecem pela simplicidade de uso, pelo suporte e otimização dos jogos.

 

 

Afinal… vale a pena comprar um PS4 ou um Xbox One S em 2018?

 

 

Os dois consoles contam com um catálogo de jogos excelente, um preço razoável para o desempenho oferecido e possibilidade de receber pelo menos mais dois anos de grandes lançamentos. Ou seja, ainda vale o investimento nos dois.

Também leve em conta que muitos dos jogos AAA e exclusivos mais importantes que chegaram aos dois consoles já estão com preços muito baixos, o que evita um grande investimento para obter uma boa coleção de jogos.

Os consoles marcam o desenvolvimento de todos os jogos atuais, e isso não deve mudar, nem a longo prazo. Os exclusivos AAA para PCs são praticamente uma espécie em extinção, e as melhorias em termos de qualidade gráfica se limitam a resolução, texturas, sombras e alguns efeitos.

É claro que as diferenças entre PCs e consoles vão além do plano técnico, e cada plataforma tem suas vantagens ou desvantagens. Mas o setor dos videogames ‘se rendeu aos consoles’, e isso contribuiu em grande parte a reforçar o valor que oferecem.