Compartilhe

Nós comentamos aqui no blog recentemente que o Xbox One registrou quedas nas vendas porque todos estão esperando pelo Xbox Series X. E o mesmo está acontecendo com o PS4, que também registrou uma notável queda de vendas no último trimestre de 2019.

Não foi uma queda tão expressiva quanto a do Xbox One (25% em relação aos resultados financeiros do mesmo período de 2018), mas com o mesmo argumento: os usuários estão reservando o seu rico dinheirinho para comprar o PS5.

 

 

Efeito Osborne strikes back

Vamos explicar a referência.

Em 1981, a empresa Osborne Computer Corporation anunciou o Osborne 1. Em 1983, Adam Osborne (fundador da empresa) anunciou vários modelos de uma nova geração do produto, que na época eram apenas protótipos, mas que prometiam uma melhora notável no desempenho do Osborne 1.

Eu preciso dizer o que aconteceu aqui?

Isso mesmo que você imaginou: as reservas e vendas do Osborne 1 despencaram, assim como as suas receitas. Tanto, que a empresa anunciou falência meses depois, em setembro de 1983. Ou seja, o anúncio condenou a empresa, e todo esse paradigma foi batizado de Efeito Osborne.

O Efeito Osborne se repetiu em várias oportunidades ao longo da história. A SEGA começou a falar do Dreamcast quando o Saturn ainda estava se consolidando no mercado, o que condenou esse console. A Nokia anunciou a migração do Symbian para o Windows Mobile, deixando de ser competitiva diante do Android e iOS, mas antes ainda contava com receitas consideráveis.

 

 

Xbox One e PS4 são vítimas dos seus sucessores

O que acontece com o Xbox One é o mesmo que está acontecendo com o PS4, apesar do impacto ser menor no caso do console da Sony. Foram vendidas 6.1 milhões de unidades do seu console, contra 8.1 milhões vendidas no mesmo período de 2018, o que se materializa na queda de 25% nas vendas.

As vendas anuais também despencaram: 14.7 milhões de unidades em 2019, contra 17.7 milhões em 2018. Nesse caso, a queda nas vendas acelerou, pois em 2018 a Sony vendeu menos que em 2016 e 2017, onde o PS4 vendeu 19.4 milhões de unidades vendidas.

 

 

Qual é a solução para Sony e Microsoft nesse caso?

Xbox Series X e PlayStation 5 só vão chegar ao mercado no final de 2020, e até lá a vida da Microsoft e da Sony precisa seguir com o Xbox One e com o PlayStation 4 (e suas respectivas variantes). Não dá para abandonar os dois consoles dessa forma e esperar o tempo passar para que os novos videogames cheguem ao mercado, pois tal comportamento representa um enorme prejuízo para as duas empresas.

Logo, a solução para a dupla líder de mercado é a redução de preços dos atuais Xbox One e PS4 para aproveitar aqueles usuários que entendem que ainda não vale a pena investir nos consoles da próxima geração. Porém, essa queda de preço precisa ser acentuada. Mais acentuada do que as promoções que Microsoft e Sony apresentaram nos últimos meses.

E, mesmo assim, está bem claro que muitos usuários estão esperando a próxima geração de consoles. E esse Efeito Osborne é algo que Microsoft e Sony terá que administrar até o final do ano.

Muito tempo para lidar com isso.

 

 

Via Sony


Compartilhe