Compartilhe

O novo normal está estabelecido, e vai perdurar por um bom tempo. Em alguns aspectos, as novas regras vão modificar os nossos hábitos para sempre. E nos aspectos profissionais, o nosso comportamento já foi afetado de forma definitiva.

Antes o trabalho presencial era fundamental para alguns setores, e as reuniões eram parte importante do processo. Em muitos casos, a presença daquele profissional ou executivo em uma reunião pode ser algo decisivo para que os envolvidos possam sentir se vale ou não a pena fechar aquele negócio.

Agora, vivemos a era do trabalho remoto, onde as pessoas vão ter que se encontrar virtualmente com executivos e outros profissionais. Isso pode mudar as dinâmicas de trabalho e nas tomadas de decisões de negócios, alterando algumas mecânicas de trabalho que se ajustam melhor ao novo formato de contato com executivos e funcionários de diferentes segmentos.

Porém, algumas coisas tendem a não mudar. E uma delas é a lista de códigos linguísticos utilizados para determinar quando uma reunião precisa ser feita. Não apenas para planejar as novas ações a serem executadas, mas também para manter uma conversa mais aprofundada sobre aquele negócio que precisa ser fechado naquele momento.

 

 

 

Como obter reuniões mais dinâmicas e proveitosas

 

Frases como “vamos entrar em um acordo”, “vamos conversar” e “vamos trabalhar nisso” são basicamente códigos que estão institucionalizados dentro dos segmentos profissional e empresarial, e convidam ao debate universal e coletivo. São frases que indicam que os profissionais envolvidos no projeto precisam se reunir para conversar.

De novo: tente levar em consideração que estamos vivendo nesse momento um novo normal, e que o encontro presencial é algo que deve ser evitado. Mas isso não quer dizer que você não possa se reunir virtualmente para estabelecer o diálogo com outros profissionais.

Levando em consideração que as reuniões estão acontecendo com uma frequência cada vez maior, é fácil se esquecer de alguns passos básicos sobre o que devemos fazer primeiro para que tais reuniões sejam eficazes. O tempo para a reunião é algo importante, porém, no lugar de colaborar com a conversa, a maioria dos presentes simplesmente ficam distraídos, trabalhando em paralelo em outros projetos ou mantendo conversas secundárias.

Ainda mais agora, que todos estão participando das reuniões através da tela do computador.

Logo, não é de se estranhar que muitas pessoas encaram as reuniões como grandes perdas de tempo. É um pensamento um tanto quanto errado na visão dos profissionais mais produtivos e conscientes sobre as suas funções laborais, mas é uma realidade que precisa ser contornada.

Nesse momento, onde tudo está de ponta a cabeça e um pouco mais confuso do que o normal, chegou o momento de restabelecer os fundamentos da participação nas reuniões, e lembrando que essa importante atividade precisa ser preservada para beneficiar a todos os envolvidos, e não apenas aqueles que organizam tais reuniões. Uma vez que os participantes começam a adotar práticas de protocolo para as reuniões, essas pessoas poderão tirar um proveito maior das mesmas.

Por isso, o infográfico abaixo mostra o que você deve fazer (e o que não deve fazer também) para tirar o máximo de proveito das reuniões que você participa. São dicas que podem ser muito úteis para profissionais dos mais diversos segmentos.

 

 

Protocolo para reuniones: códigos de conducta para celebrar reuniones exitosas
Infografía ofrecida por Wrike – Software De Colaboración


Compartilhe