Compartilhe

O Android é um onipresente nos smartphones e na telefonia móvel. O mar de dispositivos disponíveis é tão grande, que é humanamente impossível contar quantos telefones com esse software estão disponíveis no mercado nesse momento. Seu sucesso é indiscutível, e será muito difícil que uma nova plataforma roube o seu lugar a médio e longo prazo.

Mas esse império começou em algum lugar, certo? Pois é… e se eu disser que o primeiro telefone com o sistema operacional Android da história está a venda? Isso mesmo: o “Nintendo Playstation” do Android está em um leilão online, e pode ser seu… desde que você tenha uma conta bancária com vários dígitos no campo SALDO, é claro.

Primeiro smartphone Android da história está no eBay

Nos demais sistemas operacionais, é bem difícil identificar qual foi o primeiro dispositivo a receber esse software (com exceção óbvia do iOS, pois o mesmo estreou no iPhone de 2007 antes mesmo de receber esse nome). Mas no Android, a resposta é bem fácil de encontrar. O produto em questão nunca chegou ao mercado, pois foi um protótipo desenvolvido pelo Google que preparou a entrada da empresa no mercado de telefonia móvel.

O primeiro smartphone Android a chegar ao mercado foi o HTC G1 ou HTC Dream. Porém, o primeiro dispositivo a receber o sistema operacional foi o HTC EXCA 300, um protótipo que jamais chegou ao mercado, e só agora o conhecemos.

 

 

 

HTC EXCA 300: principais características

 

– Conectividade 2G
– Bateria de 960 mAh
– 64 MB de RAM
– Câmera de 1.3 MP
– Teclado QWERTY físico
– Android 1.0

 

 

Mal conseguimos imaginar em tudo o que aconteceu com o Google e com esse sistema operacional desde o lançamento do primeiro dispositivo até o Android 10 atual. A tecnologia móvel avançou de forma considerável, com passos gigantescos de lá para cá. E os dispositivos com Android que temos hoje são as provas materiais mais claras desse avanço.

Agora que você conheceu uma parte importante da história da telefonia móvel, eu tenho más notícias.

Se você pensou em ter uma unidade dessa verdadeira relíquia tecnológica, tarde demais: todas as unidades que o vendedor original tinha em seu poder foram compradas. Mas isso não quer dizer que essas unidades não serão revendidas em algum momento no futuro por alguns de seus compradores que, obviamente, vão pedir preços astronômicos pelos produtos.

Por isso, muitos recomendam que os mais interessados em produtos raros como esse fiquem o tempo todo atentos em sites como eBay e Mercado Livre para saber o momento exato em que esses produtos estão disponíveis para a venda. Se você é um colecionador e quer ter um produto como esse, com certeza precisa ficar atento às novidades e atualizações que acontecem nos dois sites.

 

 

Via eBay


Compartilhe