Posso espionar meu marido com o IMEI do celular dele? | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Posso espionar meu marido com o IMEI do celular dele? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Posso espionar meu marido com o IMEI do celular dele?

Posso espionar meu marido com o IMEI do celular dele?

Compartilhe

A desconfiança, quando bem alimentada, pode se transformar em um monstro voraz. E desconfiar de alguém já significa automaticamente que você não confia mais naquela pessoa. E isso pode resultar em atitudes insensatas.

Uma delas é tentar espionar aquela pessoa pelo smartphone, com a ajuda de uma informação que é única para cada dispositivo: o IMEI.

Essa informação vale ouro para vários aspectos do segmento de mobilidade, e algumas pessoas mais paranoicas encontraram esse post e coçam a cabeça (se é que você me entende) se perguntando: posso espionar meu companheiro(a) de vida através do IMEI?

Vamos dar respostas neste post. Mas já vou dar um #SPOILER: não alimente muitas esperanças.

 

 

 

Isso é crime!

 

Independente do motivo que você venha a alegar para justificar o ato de espionagem, é fundamental que você saiba logo de largada que ISSO É CRIME, sob qualquer circunstância.

Se você instalar um aplicativo de espionagem de atividades do smartphone de outra pessoa, ficar monitorando seus passos através do Google ou até mesmo monitorar as suas chamadas telefônicas com um app de gravações, você é um criminoso. Simples assim.

Não importa se a sua esposa recebe muitas visitas do instalador da NET quando você não está em casa, ou se o seu marido vai jogar futebol society quatro vezes por semana e chega em casa com perfume barato de uma vagabunda qualquer. Espionagem do smartphone é crime.

Estamos conversados?

OK. Agora, vou responder a pergunta que dá titulo ao post.

 

 

 

É possível espionar um smartphone por IMEI?

 

Sim… e não.

Não dá para obter todas as informações sobre as atividades do smartphone através do IMEI, mas é possível fazer o rastreamento dos locais onde o dispositivo esteve com essa informação que, repito, é única para cada dispositivo.

E, mesmo assim, insistimos que isso só pode ser feito através de situações muito específicas, e não é qualquer pessoa que pode realizar tal monitoramento por IMEI.

Normalmente é necessário um mandato judicial ou consentimento legal explícito que autorize o monitoramento, rastreamento ou grampeamento de um telefone celular.

Por outro lado, se o motivo para esse eventual rastreamento é por perda, roubo ou se o dispositivo é utilizado por um menor de idade ou idoso, não existe qualquer impeditivo legal para que o monitoramento do dispositivo aconteça. Neste caso, algumas ferramentas são especificamente pensadas para essas finalidades previstas por lei.

 

 

 

Conclusão

Se você chegou até o fim deste post sem se sentir ofendido pelas piadas que apresentei, mas ainda está coçando a cabeça (se é que você me entende mais uma vez), o melhor conselho que posso oferecer é ter uma conversa séria com a outra parte, abrindo o coração e a mente para o que vai ouvir e dizer.

Se a relação chegou em um ponto de desgaste irreversível e a outra parte decidiu buscar outros braços, é muito melhor você seguir em frente e procurar quem goste de você do que efetivamente espionar o celular de outra pessoa para eliminar suas dúvidas ou desconfianças.

Espionar alguém fala muito mais sobre você do que sobre a outra pessoa. A desonestidade de alguém não justifica a sua.

Fim.


Compartilhe