A Xiaomi está prestes a lançar o Xiaomi Mi 8 no dia 31 de maio, antes mesmo do Xiaomi Mi 7 chegar ao mercado. Por que isso aconteceu?

A Xiaomi decidiu esclarecer a confusão. Uma foto na sua página oficial na Weibo mostra um 7 gigante, mas na parte inferior da imagem podemos ler Mi 8.

O motivo é bem simples: como o Xiaomi Mi 8 é uma evolução muito significativa diante dos seus antecessores, a empresa simplesmente decidiu saltar um número.

 

 

Além disso, a chegada do novo top de linha coincide com o oitavo aniversário da Xiaomi, que decidiu unir os dois motivos para batizar o novo top de linha de Mi 8.

O evento do dia 31 de maio não vai apresentar apenas o novo smartphone top de linha. A nova pulseira de fitness, a Mi Band 3, e a MIUI 10, nova interface para o Android, também devem ser apresentados no mesmo evento.

O Xiaomi Mi 8 vai receber um design com metal e vidro, mas também deve receber uma versão ‘premium’ em cerâmica. O modelo vai contar com o processador Snapdragon 845 trabalhando com 6 GB de RAM no modelo base.

 

 

O modelo deve suportar recarga de bateria sem fio, além de ser o primeiro smartphone Android com reconhecimento facial 3D. Por isso, virá com um notch um pouco maior, para receber todos os componentes necessários para essa missão. A tecnologia facial 3D seria fruto de uma parceria com a Qualcomm, Himax Tecnologies e Truly Optical-electronics.

Há quem diga que o Xiaomi 8th Anniversary Edition será lançado com o Xiaomi Mi 8.