Por que você vai ver mais publicidade no Twitter? | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Por que você vai ver mais publicidade no Twitter? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Internet | Por que você vai ver mais publicidade no Twitter?

Por que você vai ver mais publicidade no Twitter?

Compartilhe

O ano de 2019 não foi fácil para o Twitter, e a solução será a exibição de anúncios publicitários para obter uma receita maior. E isso já está acontecendo.

A inclusão de anúncios entre os tweets ou mensagens diretas é a saída mais fácil para a situação atual do Twitter. Resultados financeiros deficientes, vazamento de dados de usuários e ferramentas de marketing ineficientes justificam a decisão drástica. E, mesmo assim, os anunciantes pensam duas vezes antes de investir dinheiro no Twitter.

Por isso, o Twitter modificou as suas políticas de publicidade para exibir mais anúncios em todos os tipos de contas, inclusive em contas com um grande número de seguidores. É uma publicidade menos definida para um público em específico, mas por ser em maior quantidade deve se reverter em mais dinheiro.

É uma decisão lógica, mas que pode colocar o Twitter em problemas.

Aqui também entra em questão o seu sistema de leilões de publicidade entre anunciantes, que apostam/definem o valor dos anúncios, baseado nos dados dos usuários que o Twitter fornece para afinar essas campanhas. Com os últimos problemas técnicos da plataforma, essas campanhas perderam força e, consequentemente, o valor das receitas e lucros finais.

O pior é que o problema não será solucionado com facilidade para os próximos meses. Ao que tudo indica, a situação do Twitter não vai melhorar antes da primeira metade de 2020.

 

 

Fim dos anúncios personalizados

 

 

O principal problema do Twitter na publicidade nesse momento está relacionado com o MAP (Mobile Application Promotion), um conjunto de ferramentas de marketing que os anunciantes usam para promover apps móveis. Com ele, quem quer investir em publicidade para apresentar os seus aplicativos via Twitter pode direcionar esses anúncios a usuários muito específicos.

Esses dados específicos são ótimos para os anunciantes que querem criar publicidade muito mais personalizada para esses usuários. Porém, para cuidar dos usuários que contam com uma ou mais contas na rede social, o Twitter permite a desativação do envio de informações específicas que são oferecidas para os seus anunciantes.

E é aqui que está a falha do sistema MAP: essa informação continuou vazando até mesmo quando os usuários desativavam esse recurso. Algo que o Twitter quer corrigir, e ainda trabalha nisso. A segunda versão do MAP está a caminho, mas não deve chegar antes de meados de 2020.

Além disso, dados de usuários com parceiros me medição de marca e publicidade também foram vazados, mesmo contra a vontade dos usuários.

Em resumo, as várias falhas técnicas levaram o Twitter a deixar de usar esses recursos, e isso irritou os anunciantes que agora investem menso dinheiro em publicidade na plataforma. Para consertar tudo, o Twitter decidiu trocar qualidade por quantidade, aumentando o número de anúncios exibidos na timeline de todos os usuários.

 

 

Esta é a solução?

Depende.

O Twitter tem uma estratégia a longo prazo onde acredita que pode ser rentável. Mas até não conseguir receitas e aumentar os anúncios de publicidade, essa medida é a mais simples e direta. Resta agora esperar como serão os números futuros.

Ou o Twitter vai arrecadar mais com essa publicidade, ou vai perder usuários. Dificilmente vai encontrar um meio termo.


Compartilhe