Compartilhe

caixa eletrônico

 

Você vai ao caixa eletrônico, usa seu cartão, digita sua senha, pede o saque, leva o seu dinheiro… e um ciber-delinquente rouba todos os seus dados. Eis aqui um exemplo de skimmer, e isso pode acontecer com qualquer pessoa, a qualquer momento.

Esse post pode ajudar você a pelo menos tornar as coisas mais difíceis para os ladrões.

 

Muitas vezes um chip na parte inferior do slot onde colocamos o cartão bancário é o responsável por ler os dados do cartão durante a transação, roubando as informações sem maiores dificuldades. Como mostra a foto abaixo.

 

 

Consegue ver um pequeno chip na parte inferior direita do slot? Então, é um indício de um caixa eletrônico manipulado.

Procure avisar a segurança do banco o quanto antes.

 

Um skimmer também pode atuar em um caixa aparentemente normal. Está vendo esse pequeno furo na parte superior direita? Então… aqui pode ter uma câmera integrada para capturar a sua senha ou código de segurança.

 

 

Estes são apenas dois dos exemplos mais comuns. Na verdade, os skimmers se valem de uma arte própria para manipular caixas eletrônicos.

Até keyloogers físicos são utilizados para capturar os dados do teclado.

 

Logo, antes de usar um caixa eletrônico, vale a pena maltratá-lo um pouquinho. Veja se o slot do cartão sai com facilidade, verifique se há chips suspeitos, e tampe sua mão na hora de digitar sua senha.

Prevenir é sempre melhor do que remediar depois.

 

Via KrebsOnSecurity


Compartilhe