TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia
Por que os smartphones com processador MediaTek são mais baratos? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Telefonia | Por que os smartphones com processador MediaTek são mais baratos?

Por que os smartphones com processador MediaTek são mais baratos?

Compartilhe

Você pode até torcer o nariz para os smartphones com processadores da MediaTek, e se fizer isso, está cometendo um erro grosseiro. A empresa melhorou de forma considerável a qualidade dos seus chips, alcançando resultados que impressionam até mesmo aos usuários mais exigentes nos telefones top de linha.

Mas se tem algo que realmente chama a atenção nos smartphones que recebem os processadores da MediaTek é o fato deles custarem abaixo que a média do mercado com chips da Qualcomm, o que acaba chamando a atenção de um grande grupo de consumidores em potencial.

Por que isso acontece?

Neste post, você encontra a resposta.

 

 

 

O motivo é bem simples

Não existem explicações muito complexas neste caso.

Cobrar preços menores que a concorrência é uma das apostas da MediaTek para se fazer mais presente no mercado de telefonia móvel. Afinal de contas, o preço final sugerido sempre é um fator muito relevante para os usuários na hora de investir o seu dinheiro em um novo smartphone.

E a MediaTek conseguiu combinar nos últimos anos o preço reduzido com uma maior qualidade final dos seus processadores. Hoje, seus chips conseguem entregar um desempenho muito satisfatório para as atividades mais comuns entre os usuários.

No caso dos chips mais potentes, a empresa conseguiu aproximar o seu desempenho em relação aos processadores da Qualcomm, e mesmo que fique atrás nos testes sintéticos, a melhor relação custo-benefício faz com que a empresa acabe roubando alguns usuários da concorrência.

Pois bem, o motivo para a MediaTek oferecer processadores mais baratos que a concorrência está no processo de produção desses chips, que é mais barato em comparação com os produtos fabricados pela Qualcomm.

E a consequência desse processo de fabricação com preço mais competitivo se reflete de forma direta nos valores dos telefones que recebem esses chips, que são mais baratos que os telefones da concorrência, que acabam abraçando as soluções da Qualcomm.

O que é ótimo, em vários aspectos.

Além de oferecer opções para o consumidor (que é livre para escolher o que é melhor para si), a MediaTek também mostra que o mercado pode sim buscar opções mais competitivas e econômicas para produzir as suas soluções tecnológicas.

Algo que é fundamental em momentos de crise no mercado de semicondutores.

Tudo certo até aqui. Porém, sempre fica uma questão…

 

 

 

Chips mais baratos podem sacrificar o desempenho?

Muita gente pensa que um processador mais econômico entrega um desempenho inferior, quando isso não é verdade.

Os processadores desenvolvidos pela MediaTek estão cada vez melhores na sua produtividade, e alguns modelos estão alcançando pontuações inéditas em testes sintéticos.

Um destaque especial vai para o MediaTek Dimensity 2000, chip que chegará ao mercado em 2022 e superou a marca de 1 milhão de pontos, derrotando alguns dos melhores processadores da Qualcomm.

Neste momento, o MediaTek Dimensity 1200 também merece um olhar especial por parte dos usuários que desejam ter um melhor desempenho no smarpthone, mas quer gastar menos. Seu desempenho é considerável em modelos como o Xiaomi 11T e o OnePlus Nord 2.

O resultado de tudo isso é encontrar no mercado smartphones top de linha com preços muito competitivos. E os testes com esses modelos mostram que eles não deixam nada a desejar em relação a outros telefones da concorrência.

Por isso, vale a pena apostar na MediaTek para o seu futuro smartphone. A empresa está disposta a surpreender até mesmo os mais céticos.


Compartilhe