Compartilhe

Trabalhar ou estudar em casa com produtividade não é algo muito complicado quando temos as ferramentas corretas. E começar por um monitor ultra panorâmico pode ser uma ótima ideia.

Provavelmente você não será produtivo em uma mesa pequena, e ter o espaço correto para trabalhar ou estudar com comunidade é algo fundamental. Logo, por que você acha que terá a mesma produtividade em um monitor pequeno? Monitores maiores entregam mais janelas abertas ao mesmo tempo, e isso aumenta a sua concentração no trabalho, no lugar de ficar alternando entre janelas.

 

 

 

Comodidade não ocupa espaço

 

 

Um dos principais motivos para o sucesso contundente dos monitores ultra panorâmicos de grandes dimensões é a sua comodidade de uso. Eles entregam até 32% a mais de espaço do que os monitores 16:9 tradicionais. O espaço extra permite a abertura de várias janelas com diferentes documentos ou conteúdos, permitindo um trabalho mais cômodo e mais centrado.

A economia de pulsações e cliques e o fato de ter toda a informação à vista aumenta a produtividade e diminui o esforço. Sem falar que a tela podo oferecer uma curvatura adequada ao alcance de sua visão, mantendo uma distância constante em todos os pontos do monitor em função de sua posição, minimizando assim a possível deformação por perspectiva.

 

 

 

Qualidade e precisão profissional

 

 

Os profissionais de imagem (edição de fotos e vídeos, criação em 3D ou a ilustração) adoram esse tipo de monitor, já que ele emula a distribuição da imagem em uma mesa de trabalho real, com a obra em desenvolvimento no centro e todas as demais ferramentas para a sua criação ao alcance das mãos.

Assim, faz muito mais sentido criar uma imagem, pois toda a atenção está centrada na produtividade. Os criadores de conteúdo podem colocar toda a linha de tempo e montagem na parte inferior, sem renunciar às demais ferramentas a seu alcance.

São monitores que atendem às exigências dos profissionais na qualidade e nitidez da imagem oferecendo resoluções que vão do WFHD (2560 x 1080 pixels) ao 5K2K (5120 x 2160 pixels). Além disso, recebem as últimas tecnologias em HDR e a qualidade das telas Nano IPS, com cores muito mais ricas e precisas em um espaço de cores DPC-P3.

Antes de continuar, uma dica: o site Geek360 tem um artigo com alguns dos melhores monitores ultrawide de 2020. Vale a pena conferir as dicas para ter uma melhor referência de produtos e preços recomendados.

 

 

 

Distribuição de espaço em um clique

 

 

Distribuir o espaço de forma eficiente na área de trabalho é outro trunfo dos monitores ultra panorâmicos. A distribuição de janelas no PC pode variar em função da tarefa que estamos realizando naquele momento. Você pode ter várias janelas abertas uma sobre a outra, ou dividir a tela em quatro janelas diferentes. São várias opções ao seu alcance.

Existem diferentes aplicativos que podem deixar essa tarefa mais dinâmica, dispensando assim a necessidade de redimensionamento constante das janelas para se ajustar ao espaço disponível na tela. É mais um aspecto de produtividade que os profissionais do home office que pretendem investir em um monitor precisam considerar.

 

 

 

Dois dispositivos, apenas um monitor

 

 

Outro motivo para o sucesso dos monitores ultra panorâmicos é o fato dele ocupar o mesmo espaço em tela de dois monitores juntos, mas sem os inconvenientes que duas telas oferecem.

Com dois monitores, você precisa ter duas fontes de conteúdo diferentes para conectar dois dispositivos diferentes. Em um monitor ultrawide, isso também é possível via software mas em uma instalação física muito mais simples e em uma estética muito mais limpa. Os streamers de conteúdo (principalmente os gamers) utilizam muito esse recurso, que pode ser um enorme diferencial no seu trabalho em casa.


Compartilhe