TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Por que o Windows não mostra o tempo exato gasto no processo de transferências de arquivos? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Por que o Windows não mostra o tempo exato gasto no processo de transferências de arquivos?

Por que o Windows não mostra o tempo exato gasto no processo de transferências de arquivos?

Compartilhe

Quando copiamos, transferimos ou apagamos um arquivo no sistema operacional Windows (ou em outros sistemas operacionais), uma janela com o tempo estimado para concluir o processo aparece na tela do seu computador.

Já reparou com essa informação é tudo, menos o que deveria ser, ou seja, precisa? É mais fácil prever o momento exato que o seu time de futebol vai marcar um gol do que estimar quando aquele filme vai sair do HD interno para um SSD externo.

Felizmente, David Plummer, um dos engenheiros encarregados em criar esse quadro de diálogo de progresso de transferência de arquivos no Windows, decidiu responder a esta pergunta.

 

 

 

Faltam 10 segundos… agora faltam 6 dias e 10 horas…

O quadro de diálogos do progresso de transferências de arquivos existe desde o Windows 95, e David trabalhou nele até 2003. E ele assume toda a culpa ou responsabilidade pelo comportamento errático do recurso.

O grande problema neste caso é que a shell responsável pela estimativa de tempo na transferência de arquivos do Windows está tentando fazer o mesmo que nós quando olhamos para essa janela de transferência. Ou seja, tenta prever o futuro analisando algo que acabou de acontecer, e não com os dados de um evento que já ocorreu.

Traduzindo o parágrafo anterior: no lugar do software analisar o conteúdo já transferido para analisar o tempo estimado, ele estuda o que está em transferência neste momento, para tentar acertar o que ainda será transferido.

E quando a operação é mais complexa e envolve múltiplos arquivos com diferentes tamanhos, a análise da informação se torna muito mais complicada, assim como a identificação da informação do tempo restante para a conclusão da transferência do arquivo.

Por isso, é totalmente irrelevante saber o tamanho do arquivo e a velocidade de gravação de dados na sua unidade de armazenamento. A shell do Windows não sabe exatamente o tempo estimado porque, diante dos fatos apresentados aqui, nem temo como saber mesmo. As informações sobre o processo podem mudar a qualquer momento com todas as variáveis já mencionadas.

 

 

 

Conclusão

Diante dessa explicação (que é até simplória, mas bem compreensível), nosso melhor conselho para os usuários mais ansiosos é simplesmente aproveitar o tempo livre para ver vídeos no YouTube enquanto toma um café e espera pacientemente a transferência dos grandes arquivos ser concluída no Windows.

Até porque a ansiedade nos dias de hoje não leva a nada, a não ser no terapeuta ou no psicólogo.


Compartilhe