Compartilhe

O Samsung Galaxy M31 chegou ao Brasil, e já chama a atenção de muita gente, pois procura combinar uma lista de especificações técnicas que entregam uma melhor relação custo/benefício possível, além de uma enorme autonomia de bateria de 6.000 mAh.

Há quem diga que o dispositivo consegue bater de frente com o Galaxy A50, modelo que, pelo menos na teoria, é tecnicamente superior, e olhando para a sua lista de especificações técnicas, não podemos dizer que este não é um dispositivo de respeito.

Por isso, vamos analisar nesse post os principais destaques das especificações do Samsung Galaxy M31 e, dessa forma, tentar descobrir onde ele pode surpreender inclusive aos mais céticos.

 

 

 

Uma tela de respeito

 

 

Não tanto pelas suas dimensões, mas pela qualidade da tela. O Samsung Galaxy M31 conta com uma tela Super AMOLED de 6.4 polegadas com resolução FullHD+. Essa é uma tela mais do que suficiente para que os usuários possam assistir aos conteúdos multimídia com uma imagem de alta qualidade, e com o menor impacto possível no consumo de bateria.

O dispositivo pode ser grande nas suas dimensões, mas ao menos pesa menos que 200 gramas (191 gramas), o que o deixa um pouco mais manejável para ver vídeos e jogar os games sagrados para muitos usuários.

Segurança em primeiro lugar

O Samsung Galaxy M31 oferece mais de uma opção para a segurança dos dados e bloqueio de acesso ao dispositivo. Se você não se sente plenamente confiante em utilizar apenas o reconhecimento facial (ou para não ficar sem desbloquear o telefone no escuro), pode contar com o leitor de digitais na parte traseira.

 

 

 

Processador, RAM e armazenamento bem justos

 

 

Os padrões estão aumentando nesse aspecto, e o Samsung Galaxy M31 não vai deixar na mão os usuários que querem um bom desempenho e precisam armazenar muito conteúdo no dispositivo. O conjunto técnico é composto pelo processador Exynos 9611, trabalhando com 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno. E se você precisar armazenar ainda mais dados, saiba que o modelo é compatível com cartões microSD de até 1 TB.

 

 

 

Câmeras que cumprem bem com suas funções

 

 

Pelo menos nominalmente (só teremos certeza disso quando os resultados práticos aparecerem), o Samsung Galaxy M31 é bem versátil nos seus sensores fotográficos, com um conjunto quádruplo de câmeras traseiras e um sensor de alta resolução na frontal.

A câmera frontal conta com 32 MP e está inserida no notch em forma de U cravado na tela frontal. Na parte traseira, encontramos um sensor principal de 64 MP, acompanhado de uma câmera grande angular de 8 MP (com ângulo de visão de 123 graus), uma lente macro de 5 MP (foco de objetos de até 4 cm de distância da lente) e o sensor de 5 MP para as fotos com efeito bokeh ou desfoque de fundo.

 

 

 

Sua enorme bateria

 

 

Se tem um número que chama a atenção no Samsung Galaxy M31 é, sem sombra de dúvida, o valor da bateria do dispositivo. São nada menos que 6.000 mAh de autonomia, o que garante com sobras os dois dias de uso longe do carregador. Quem precisa de um smartphone que passe muito tempo longe da tomada, essa é a escolha a ser considerada.

 

 

 

Preço e disponibilidade

 

 

O Samsung Galaxy M31 tem preço sugerido no Brasil de R$ 1.999, e esse valor é um dos principais argumentos para que o dispositivo seja muito procurado por muitas pessoas. Vamos ver como será o desempenho do telefone no mercado brasileiro. Mas é inegável que os coreanos apresentam um produto bem interessante, apesar do preço mais caro por causa da crise global.

 

 

 

Samsung Galaxy M31: especificações técnicas

 

 

Tela: 6,4” FHD+ (1080 x 2340) Super AMOLED
Processador: octa-core 2,3 GHz Exynos 9611
RAM: 6 GB
Armazenamento interno: 128 GB + microSD de até 1 TB
Câmera frontal: 32 megapixels
Câmeras traseiras:
Principal: 64 megapixels
Ultrawide: 8 megapixels
Macro: 5 megapixels
Sensor de profundidade: 5 megapixels
Bateria: 6.000 mAh
Conectividade: Wi-Fi, Bluetooth 5.0, USB-C, conexão para fones de ouvido.
Dimensões: 159.2 x 75.1 x 8.9 mm, 191 g
Mais: sensor de impressão digital na parte traseira, reconhecimento facial


Compartilhe