Por que o Microsoft Edge ativa tantos processos por aba aberta? | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Por que o Microsoft Edge ativa tantos processos por aba aberta? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Por que o Microsoft Edge ativa tantos processos por aba aberta?

Por que o Microsoft Edge ativa tantos processos por aba aberta?

Compartilhe

A Microsoft decidiu explicar por que o seu navegador Edge habilita vários recursos em execução quando uma nova aba do navegador é aberta. Ele não é o único navegador Chromium que faz isso. Na verdade todos fazem (o Google Chrome é conhecido como um enorme devorador de recursos), mas a gigante de Redmond foi uma das poucas que usam esse motor de navegação a explicar o que acontece.

 

 

 

Tudo pela segurança e confiabilidade

 

 

Executar tantos processos ao mesmo tempo faz com que o navegador seja mais estável e seguro. O grande problema é pedir tantos recursos com apenas uma aba aberta e poucos plugins instalados. Não só isso: alguns processos habilitam a GPU para ajudar a mostrar os gráficos, os códigos web, as petições de rede, a reprodução de áudio e a saúde do Microsoft Edge como um todo.

Tudo isso, para abrir uma única aba no navegador. Agora, faça as contas e imagine o efeito desse software com várias abas abertas. Porém, a sua estrutura de multiprocessamento divide esses processos em vários pacotes, com suas diferentes partes redistribuídas durante a sua execução.

Os processos de renderização gerenciam o HTML, CSS, JavaScript, imagens, etc. Ou seja, os recursos necessários para exibir a página web. Também conectam o navegador com a GPU para renderizar as páignas mais rápidas.

Os processos utilitários ajudam na reprodução de áudio, serviços de rede, capturas de vídeo, decodificação de dados e outros elementos. Também temos os processos dos plugins e as extensões que estão ativos, dependendo do código de cada um deles.

Por fim, os processos de controle de crashpad monitorizam a saúde de cada processo dentro do Microsoft Edge, coletando e enviando informações sobre falhas no navegador aos servidores da Microsoft.

 

 

Ao abrir um site com anúncios, cada um dos anúncios executa seus próprios processos de renderização. Anúncios com o mesmo domínio compartilham um processo, mas quando são de domínios diferentes, cada um deles usa um processo individual.

Os anúncios em um site usam subframes que deixam a exibição das páginas um pouco mais complicadas, pois alguns desses subframes não são visíveis, gerando processos adicionais.

 

 

 

Qual é a vantagem de ter tantos processos em execução?

 

 

Na verdade, eu já falei quais são as vantagens no começo desse post: segurança e confiabilidade.

A primeira é importante, pois executa os processos de forma isolada. Ou seja, se um malware tenta explorar um processo, ele não afeta os demais, reduzindo assim as chances de assumir o controle da máquina e, consequentemente, o Windows Defender tem mais chances de combatê-lo.

Já a parte da confiabilidade é factível pois, uma vez que cada processo funciona em separado, se acontece uma falha, só vai parar aquele processo. O restante do navegador, as demais abas e seus respectivos processos seguem funcionando normalmente, ainda que uma ou outra aba acabe parando de funcionar.

Além disso, isolar cada processo ajuda na verificação do que está com problemas, já que a partir do administrador de tarefas podemos identificar qual processo está consumindo mais recursos. Se você pressionar as teclas SHIFT + ESC dentro do Microsoft Edge, você abre o administrador de tarefas interno do navegador e, dessa forma, verificar como é o consumo de cada site, cada extensão e cada subprocesso em execução.

 

 

Via Microsoft


Compartilhe