TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Por que o Meta pode custar muito caro para o Facebook logo de cara? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Internet | Por que o Meta pode custar muito caro para o Facebook logo de cara?

Por que o Meta pode custar muito caro para o Facebook logo de cara?

Compartilhe

Mark Zuckerberg está disposto a fazer qualquer coisa para deixar o passado nebuloso para trás e se livrar dos diversos problemas que o Facebook entregou de presente para ele ao longo dos últimos anos. E uma das formas mais rápidas para alcançar esse objetivo é mudando o nome da sua empresa.

E foi exatamente isso o que o menino Zuck fez: mudou o nome do Facebook (empresa) para Meta. A rede social continua a se chamar Facebook, mas a empresa principal que controla todo o conglomerado que ele possui agora tem um novo nome, iniciando uma nova fase nessa jornada empresarial.

E essa nova fase já pode começar com problemas para Mark Zuckerberg, pois a mudança de nome pode custar muito caro para ele.

 

 

 

Por que o nome Meta pode dar prejuízos logo de cara?

Antes de falar sobre o problema, é preciso colocar em contexto a decisão de Mark Zuckerberg na mudança de nome da sua empresa para Meta. E essa explicação vai um pouco além de tentar limpar a imagem do Facebook, que está muito manchada e desgastada pelos diversos escândalos de segurança e vazamento de dados.

De acordo com a explicação oficial, a mudança para o nome Meta está diretamente relacionada com o próximo passo do Facebook como conceito geral. A empresa vai explorar o Metaverso, oferecendo novas possibilidades de interação dos usuários da rede social.

Dessa forma, a Meta (empresa) quer integrar elementos de realidade virtual e realidade aumentada no Facebook (rede social) e, quem sabe no futuro, outros produtos atrelados, como Instagram, Facebook Messenger e WhatsApp.

Isso não quer dizer que o Metaverso estará presente em todas as soluções do Meta neste momento, mas as portas ficam aberta de forma muito clara para essa direção.

O grande problema aqui é que tudo indica que Mark Zuckerberg “se esqueceu” de fazer uma pesquisa básica no Google para verificar se mais alguém estava usando o nome Meta em algum lugar do planeta.

E esse “esquecimento” já resultou em um processo que pode resultar em um prejuízo de nada menos que US$ 20 milhões.

 

 

 

Existe outro Meta em algum lugar do mundo

A empresa Meta PC de Arizona apresentou uma solicitação de registro do nome Meta em agosto de 2021. Neste caso, não estamos falando de um registro de domínio, mas sim de uma MARCA REGISTRADA, o que poderia inviabilizar os planos de mudança de nome do Facebook.

Quando o registro foi feito, os planos do Facebook não eram conhecidos. Pelo menos não pelo grande público. A Meta PC foi fundada em novembro de 2020, e naquela época nem se sonhava que o Facebook ia mudar de nome.

Agora, a Meta PC não quer negociar a cessão desses direitos para o Facebook por menos de US$ 20 milhões.

O Facebook se defende, afirmando que a solicitação da marca registrada para o Meta PC ainda não foi concedida. Por isso, a batalha judicial entre a Meta PC e a Meta (antiga Facebook) tem tudo para acontecer.

Estamos diante de mais um típico duelo entre David vs Golias que já testemunhamos em várias oportunidades. Para Mark Zuckerberg, só resta mesmo negociar, de uma forma ou de outra.

Dentro ou fora dos tribunais.


Compartilhe