O iPhone XR já começa a ser cobiçado por muita gente. E mostra como a Apple dessa vez criou uma alternativa menos cara em relação aos seus novos smartphones principais, mas que ainda consegue ser bem interessante no seu conceito geral.

A diferença de preço entre o iPhone XR e o iPhone XS (US$ 749 vs US$ 999) é significativa, e será decisiva para a escolha de muita gente. Nesse post, enfatizo os principais detalhes que tornam o novo iPhone menos caro e mais colorido um dispositivo mais atraente para chamar de seu.

Para começar, ele é um iPhone que tem o mesmo conceito de design dos modelos mais caros, especificações internas semelhantes (ou pelo menos mantém o mesmo processador), com uma diferença de preço considerável, e sem comprometer a experiência de uso geral.

 

 

Detalhes como 3 GB de RAM (contra 4 GB do XS) e o IP67 (contra o IP68) não são tão relevantes para a maioria dos usuários, mas podem ser decisivos para explicar a diferença de preço para menos para o iPhone XR.

Porém, dois itens puxaram bem o preço para baixo.

A tela IPS LCD não estão na moda, mas não sofrem das degradações das telas OLED, e para os menos exigentes, resultam em telas de dispositivos muito bem ajustadas para qualquer tipo de usuário e atividade.

 

 

Além disso, apesar do notch ainda ser enorme (podia já ser no formato de gota d’água), o iPhone XR conta com os mesmos sensores dos irmãos maiores, tanto para fotografia como para reconhecimento facial via Face ID. Mais uma prova clara que a Apple quis reduzir as diferenças em pontos que são importantes para a maioria dos usuários.

Sim… o iPhone XR tem apenas uma câmera traseira para fotos. Mas ela pode surpreender pelo leque de recursos oferecidos, incluindo o modo bokeh (com a ajuda de software), algo tão desejado por muita gente.

 

 

Por fim, o iPhone XR entrega uma tela maior em um corpo com as mesmas dimensões do iPhone 8 Plus, algo que só foi possível graças ao conceito de tela infinita e sem bordas. Obrigado, notch!

 

 

Ele é US$ 50 mais caro do que o modelo base do iPhone 8, mas é uma evolução tão gritante, que muita gente vai considerar o iPhone XR como o dispositivo para chamar de seu.

O tempo vai dizer se as previsões desse post se concretizam.