TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Por que o iPhone 14 não foi feito para você | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Por que o iPhone 14 não foi feito para você

Por que o iPhone 14 não foi feito para você

Compartilhe

Eu sei que já escrevi muitas coisas sobre o iPhone 14, e muitas delas não foram as mais elogiosas do mundo. E sei que isso não é algo tão bonito de se fazer. Mas só fiz porque tento alertar aos leitores mais leigos que este smartphone não vale a pena.

Porém, algumas almas ainda insistem em gastar o seu pouco dinheiro na compra do novo smartphone da Apple. E como eu sou brasileiro e eu não desisto nunca, quero oferecer um pouco de luz para essas pessoas que não contam com a mesma visão objetiva da situação que eu tenho.

Por isso, vou compartilhar neste artigo alguns motivos que reforçam a ideia de que o iPhone 14 não é o melhor smartphone para você. Aliás, nem todo telefone da Apple foi feito para você, e é importante explicar com argumentos por que esta afirmação é correta.

 

É o mesmo processador do iPhone 13

A Apple teve a cara de pau em manter o processador A15 Bionic no iPhone 14. O mesmo presente nos modelos iPhone 13. E isso irritou a muitas pessoas que esperavam a já tradicional evolução de hardware em todos os novos telefones da empresa.

A desculpa da Apple para essa decisão foi aumentar a distância entre os modelos base e as versões Pro do iPhone 14. Ou seja, se você quer os benefícios dos novos chips, terá que pagar (muito) a mais pelos modelos iPhone 14 Pro e iPhone 14 Pro Max.

Tudo bem, eu sei que alguns vão dizer que a Apple fez uma espécie de “overclock” no iPhone 14 e iPhone 14 Plus em relação ao mesmo A15 Bionic presente no iPhone 13. Porém, é uma diferença de desempenho tão pequena, que dá para dizer que os processadores são iguais na prática.

 

A autonomia de bateria não é tão melhor assim

Os primeiros testes comparativos de autonomia de bateria mostram que o tempo de uso do iPhone 14 é um pouco maior do que a do iPhone 13. Mas nada que realmente justifique o investimento a mais no modelo lançado este ano.

Os dois telefones conseguem entregar um bom tempo de bateria (a Apple melhorou muito neste aspecto nos últimos anos), e ambos conseguem ficar um dia inteiro longe da tomada.

Porém, é possível economizar algum dinheiro na compra do iPhone 13 e, ao mesmo tempo, não se preocupar com o fato de ficar sem bateria no final do dia.

 

Nada de USB-C

A Apple continua com a sua teimosia em aprisionar todos os usuários dos seus smartphones naquela porcaria de porta Lightning, que é uma tecnologia ultrapassada e exclusivista. O USB-C existe, se tornou o padrão para praticamente todos os dispositivos de tecnologia, e o iPhone 14 contraria tudo isso, ficando parado no tempo.

Para quem não aguenta mais essa situação, o novo telefone da Apple não será uma escolha aceitável, já que a porta Lightning certamente vai gerar revolta naqueles que esperam que a Apple avance para os padrões atuais.

Pense que a recarga de bateria do seu iPhone poderia ser mais rápida com o USB-C, e fique revoltado como eu estou. Ou elimine a revolta do seu coração, já que encontrou mais um motivo para não investir o seu suado dinheiro no iPhone 14.

 

E a câmera? O que aconteceu aqui, dona Apple?

De novo: o iPhone 14 pode fazer ótimas fotos, mas as mudanças em relação ao iPhone 13 neste aspecto são inexistentes.

Aqui, mais uma vez, a Apple entregou as novidades apenas para os modelos iPhone 14 Pro e iPhone 14 Pro Max (neste caso, o novo sensor principal de 48 MP), e os usuários do modelo base só poderão registrar fotos com maior capacidade de captação de luz.

Isso não torna as câmeras do iPhone 13 uma porcaria, e quem se interessar pelo modelo do ano passado ainda poderá registrar as fotos do seu almoço para compartilhar no Instagram, pagando muito menos do que é cobrado pelo modelo lançado este ano.

 

A tela? A mesma coisa!

Se você quer uma tela com a Dynamic Island, que pague a mais para ter o iPhone 14 Pro ou o iPhone 14 Pro Max. Já o iPhone 14 normal possui o mesmo tamanho e tipo de tela presente no iPhone 13, de modo que nem aqui temos mudanças significativas.

E a pior parte nessa decisão da Apple é que não há mudanças nas telas dos dois modelos em um elemento que, para muitos, já deveria ter sido atualizado faz tempo: a taxa de atualização de tela, que se mantém nos ridículos 60 Hz.

Sério, é vergonhoso o que a Apple faz neste aspecto.

 

Tudo isso valorizou o iPhone 13

Diante de tudo o que foi relatado aqui, os leitores mais racionais já podem perceber de forma clara quais são os motivos que explicam a desistência no iPhone 14. Mas quem ainda está indeciso pode ser ajudado por um último conselho.

O melhor iPhone que você pode comprar hoje é o iPhone 13 Pro. Na prática, ele é o que o iPhone 14 base deveria ser e, em alguns casos, custando exatamente a mesma coisa.

Até mesmo o iPhone 13 base se valorizou com as escolhas infelizes da Apple no iPhone 14, e aqueles usuários que desejam pagar um pouco menos para ficar com um telefone que será atualizado por muitos anos, basta investir o dinheiro no modelo do ano passado e ser feliz com isso.

A economia de dinheiro pode ser elevada o suficiente para que você compre alguns acessórios para o seu novo iPhone, ou até mesmo para comprar algum outro gadget.

Repito: não vale a pena pagar a mais para receber as poucas novidades presentes no iPhone 14. Se é que dá para dizer que ele realmente recebeu novidades relevantes.


Compartilhe