Compartilhe

O iPad é um sobrevivente. Definiu o que é um tablet para a maioria dos usuários de tecnologia, mesmo chegando ao mercado depois dos tablets Android. E apesar da vertiginosa queda nas vendas desse tipo de dispositivo, ele ainda é uma referência para muita gente, especialmente para os usuários profissionais.

Sim, amigo leitor. O iPad é excelente, mas ele não é perfeito (assim como nenhum produto da Apple é, mas ainda assim algumas pessoas insistem em ignorar esse pequeno detalhe). E se você não é um usuário de um tablet da gigante de Cupertino, talvez não saiba desse pequeno detalhe: este é o único dispositivo da empresa que não conta com um aplicativo de calculadora nativa.

Ou seja, iPhones, Macs e até o Apple Watch contam com aplicativos próprios de calculadora, mas o iPad não tem.

Por que isso aconteceu?

 

 

 

Por que o iPad não tem um app de calculador?

 

Não existe uma questão técnica que impede o iPad em ter uma calculadora. E, se podemos chamar de “decisão técnica”, ela passou pela vontade de Steve Jobs, que solicitou a não inclusão do item no tablet. E, ao longo dos últimos 10 anos, a Apple não apresentou explicações sobre este peculiar pedido.

Agora, o mistério será solucionado de uma vez por todas. Craig Federighi (vice-presidente sênior de engenharia de software da Apple) concedeu uma entrevista para o youtuber Marques Brownlee, e foi questionado por ele sobre a calculadora do iPad. E como Craig estava de bom humor, decidiu falar sobre o assunto.

Quando o iPad foi lançado em 2010, Steve Jobs se negou a incluir o aplicativo de calculador no dispositivo porque ele não queria que fosse o mesmo aplicativo do iPhone com escala modificada para uma tela maior. Jobs considerava essa solução como algo muito pobre para a Apple. Então, durante um tempo, os engenheiros procuraram uma maneira para criar o melhor aplicativo de calculadora do mundo.

E os próprios usuários do iPad ao longo de todos esses anos podem concluir que, em 10 anos, a Apple ainda não conseguiu criar esse app perfeito: “Existem algumas coisas que não fizemos porque gostaríamos de fazer algo realmente especial. Queremos fazer isso realmente bem. E honestamente não encontramos uma forma de fazer”, explica Craig Federighi.

É preciso levar em consideração que inovar em um aplicativo simples e direto como é o da calculadora parece ser algo bem complicado de fazer. Mas… é uma desculpa boa o suficiente para o aplicativo não ser lançado para o iPad? Será que os usuários da Apple não iriam entender?

Muitos usuários do iPad reprovam a Apple até hoje pela não inclusão de um aplicativo nativo de calculadora, mesmo que esse app não conte com nada de especial. Porém, a gigante de Cupertino ainda não teve a coragem de contradizer o fundador da empresa, mesmo que isso aconteça anos depois de sua morte. Logo, não espere a inclusão de uma simples calculadora com upscalling para o iPad.

O que nunca saberemos é o quanto a Apple se esforçou para entregar esse aplicativo. Será que o time de desenvolvedores se esforçaram o suficiente? Ou não deram muita importância para o assunto?

De qualquer forma, ao menos temos o consolo da App Store oferecer dezenas de aplicativos de calculadoras que podem suprir essa ausência que a Apple deixou no iPad.

 

 

 

Via Fossbytes


Compartilhe