TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Por que o fim do cartão SIM pode ser um enorme problema para a telefonia móvel | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Opinião | Por que o fim do cartão SIM pode ser um enorme problema para a telefonia móvel

Por que o fim do cartão SIM pode ser um enorme problema para a telefonia móvel

Compartilhe

Os cartões SIM ou nanoSIM estão cada vez mais perto de desaparecer, e se você não está preocupado com isso, saiba que deveria.

O eSIM é uma solução bem interessante para criar cartões virtuais para operadoras de telefonia móvel, mas ainda não está muito disseminada na maioria dos mercados globais, incluindo o Brasil.

Por outro lado, tudo indica que o Android 14 vai seguir os passos do iOS ao habilitar uma função para transferência de perfil eSIM entre dois telefones, e isso pode mudar de forma drástica o status do SIM físico na telefonia móvel.

A mudança não deve entrar em vigor no Android 13, mas já dá indícios do que pode acontecer no futuro.

 

Como o fim do cartão SIM pode afetar a sua vida

Hoje, é impossível transferir perfis eSIM entre dois telefones Android. Ou seja, se você vai trocar de telefone e conta com um cartão virtual habilitado no dispositivo, você primeiro precisa desativar esse perfil eSIM no smartphone antigo para só depois ativá-lo no novo aparelho.

O grande problema do processo é a obrigação de entrar em contato com a sua operadora de telefonia móvel para concluir o processo.

O iOS já conta com uma função integrada que permite a transferência de perfis de eSIM para um novo smartphone sem precisar passar pela burocracia da operadora. E tudo indica que o Google vai fazer o mesmo no Android 14, o que pode decretar a morte efetiva do cartão SIM físico.

O grande problema nessa mudança está na brecha de geração impactada com a natural evolução tecnológica. Ou seja, os usuários mais velhos ou “a turma da melhor idade” seria diretamente afetada.

A grande maioria dos usuários mais velhos desconhece por completo o processo de transferência do eSIM, e terá que entrar em uma espécie de voo cego quando o seu SIM Card tradicional parar de funcionar.

Por outro lado, a alternativa de transferência de eSIM pode ficar disponível em apenas um número específico de smartphones Android, como por exemplo os modelos da família Google Pixel, com eventual disponibilidade para os telefones compatíveis com o sistema GMS (Global Mobile Services).

O Google não fala sobre o assunto, mas as evidências existem, e todos precisam pensar um pouco a sério no assunto e em suas possíveis consequências.

Lembrando que em março de 2023 vai acontecer o Feature Drop para os telefones Google Pixel, revelando as novas funções que vão chegar aos dispositivos dessa família de smartphones. Quem sabe é nesse momento que a função de transferência de eSIM é revelada para o grande público.

 

O SIM Card está mesmo com os dias contados?

Um dos desejos dos fabricantes de smartphones Android é justamente o fim do SIM Card para liberar espaço interno nos dispositivos para aumentar a bateria dos telefones, já que o espaço interno tende a aumentar sem esse slot.

Por outro lado, os fabricantes que oferecerem essa funcionalidade de transferência de eSIM entre os dispositivos da mesma marca vai sair na frente na corrida de fidelização dos usuários.

A Apple conseguiu alcançar esse objetivo dentro do seu universo em particular, e outros fabricantes Android entendem que o futuro passa por esse processo.

Particularmente, entendo que o fim do SIM Card tem um efeito positivo para o grande público: o fim da burocracia irritante estabelecida pelas operadoras de telefonia móvel, já que o usuário terá um controle maior para o gerenciamento desse eSIM entre os dispositivos que já possui.

Por outro lado, muitos usuários que poderiam contar com duas ou até três linhas diferentes no mesmo telefone poderão sair prejudicados com o desaparecimento do cartão físico para telefonia móvel.

Mas como não podemos evitar o avanço da marcha da evolução e o nanoSIM já é considerado algo arcaico, chegou a hora de pensar a sério na adaptação para o eSIM, pois essa será a tecnologia do futuro, aposentando o cartão SIM com o passar do tempo.

Goste você dessa modernidade oferecida pelo eSIM… ou não (sem trocadilhos).


Compartilhe