TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Por que o feed do Facebook enlouqueceu? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Internet | Por que o feed do Facebook enlouqueceu?

Por que o feed do Facebook enlouqueceu?

Compartilhe

Muito provavelmente você já se deu conta que a sua timeline do Facebook está completamente maluca, cheia de memes e pessoas estranhas publicando comentários aleatórios em páginas de famosos. E se você ainda não se deparou com essa anormalidade, certamente você faz parte da resistência.

Para quem está lendo este artigo no futuro, o algoritmo do Facebook simplesmente pirou por conta de alguma falha, provocando um cenário de caos no feed de diversas contas ao redor do mundo.

O problema se materializou através de uma quantidade de mensagens em SPAM fora do normal, onde todas as publicações tinham uma coisa em comum: pessoas que os usuários não seguem comentando em páginas de celebridades, músicos ou atores.

 

 

 

O que estava acontecendo?

Eu estou colocando essa pergunta no tempo passado porque quando este post foi produzido (8h22 de 24 de agosto de 2022), o problema aparentemente foi resolvido. De qualquer forma, entendo que vale a pena fazer o relato da falha em detalhes, até mesmo para procurar respostas para o incidente (até que o Facebook decida se pronunciar sobre o assunto de forma oficial).

Dito isso, a falha do algoritmo do Facebook estava diretamente relacionada às páginas de cantores, atores, artistas e celebridades em geral, em um comportamento em escala onde um comentário realizado por qualquer usuário dentro dessas contas mais populares fazia com que todos os usuários que seguem essa mesma página recebam esse comentário publicado.

Na prática, é um cenário de caos que pode acabar com a experiência de uso de qualquer pessoa. Por exemplo, se alguém decide publicar algum tipo de comentário ou conteúdo na página da cantora Ariana Grande no Facebook, todos os usuários que seguem essa mesma página na rede social vão ver esse mesmo comentário no seu feed de notícias.

O mesmo tipo de incidente ou anormalidade estava acontecendo em outras páginas de celebridades dos mais diferentes segmentos, como Coldplay, Nirvana, Lady Gaga, The Beatles, John Cena, Emma Watson ou Cristiano Ronaldo, entre outros.

Não ver as postagens de seus amigos é um inconveniente, é claro. Mas o pior começou quando as pessoas perceberam o que estava acontecendo, e que qualquer postagem feita na página de fãs de uma celebridade de repente teria acesso a uma enorme audiência (potencialmente milhões de usuários).

 

 

 

A minha conta do Facebook está vulnerável?

Este é um ponto importante, que precisa ser esclarecido para tranquilizar os usuários mais leigos ou mais preocupados com a integridade dos seus dados no Facebook.

E essa preocupação é algo absolutamente normal e natural. Afinal de contas, a rede social de Mark Zuckerberg possui um histórico de vazamento e compartilhamento de dados de forma não autorizada, o que levanta as suspeitas dos mais céticos.

A prova que essa preocupação com as contas do Facebook foi um pensamento coletivo é que a hashtag #facebookhacked subiu rapidamente no Twitter, uma vez que não havia explicações razoáveis sobre a anormalidade naquele momento.

Se você percebeu esse comportamento de SPAM no seu feed de notícias do Facebook hoje (reforço que o problema aparentemente foi resolvido, e muitos usuários nem se deram conta que tudo isso aconteceu) e está preocupado com a integridade do acesso à conta e aos dados armazenados, pode ficar tranquilo: você não foi vítima de um ataque hacker em massa.

Se esse fosse um ataque hacker em massa, seria “apenas” um dos maiores que o Facebook sofreria em sua história.

 

 

 

O que pode ter acontecido?

Temos que colocar a pergunta dessa forma porque o Facebook não se pronunciou oficialmente sobre o assunto até o momento em que este artigo foi produzido. Logo, vamos apresentar as hipóteses mais prováveis para tentar encontrar uma resposta racional para esse cenário de caos.

Muito provavelmente o problema que o Facebook enfrentou hoje é o resultado de uma falha dos algoritmos da rede social. E esse tipo de falha pode ser provocada pelos mais diversos motivos, indo de um erro de programação até um ataque hacker.

Aliás, muitos usuários do Facebook estão se perguntando neste exato momento se o algoritmo da rede social foi afetado por um ataque cibernético. Porém, pelo fato de o erro aparecer para muitas pessoas, a hipótese mais provável é que seja mesmo um problema técnico interno na rede social.

Estamos esperando que o Facebook se manifeste oficialmente sobre assunto, até mesmo para esclarecer o ocorrido para os seus usuários. Não apenas pela transparência que a plataforma precisa transparecer, mas também para mostrar que a plataforma compreendeu a origem da falha e vai trabalhar para evitar que isso aconteça.

 

 

 

E se esse problema se repetir? O que eu devo fazer?

Não dá para dizer que a falha que o Facebook apresentou hoje não vai se repetir. Afinal de contas, estamos falando de um algoritmo desenvolvido e aperfeiçoado por humanos que, por natureza, podem falhar.

Por isso, existe pelo menos uma forma de tentar remediar por conta própria essa aleatoriedade na exibição de publicações do Facebook. Uma ferramenta que pode ser usada também para melhorar o conteúdo que é exibido no feed de notícias, colocando um pouco de ordem e lógica no processo.

O problema da exibição de mensagens aleatórias de comentários de desconhecidos nas contas de celebridades se fez presente no modo padrão do feed de notícias. Ou seja, aquele onde é o algoritmo do Facebook que decide quais são os conteúdos que você vai ver na sua timeline.

Já faz um tempo que o Facebook decidiu atender aos pedidos de muitos usuários, liberando um modo que exibe a linha do tempo em ordem cronológica, tal e como acontece (por exemplo) no Twitter.

Para muitos usuários, ver a timeline de acordo com a hora em que a publicação foi feita é a melhor forma de utilizar o Facebook e qualquer outra rede social. E neste caso da loucura que ficou a plataforma hoje, ajustar o feed de notícias em ordem cronológica pode garantir a sua saúde mental no meio do caos.

Você pode trazer o Facebook de volta à sanidade tocando no botão de notícias na barra superior do aplicativo (se você não vir esse botão, encontrará o feed de notícias na barra lateral ☰).

Assim, o Feed de Notícias do Facebook vai exibir as publicações mais recentes das páginas e pessoas que você segue na rede social, em ordem cronológica e evitando todo o SPAM que existe na plataforma, independente dos problemas ocorridos hoje.

Essa é a melhor forma de corrigir o problema de hoje até que alguém no Meta corrija o algoritmo problemático. Até lá, vamos fazer o que o brasileiro tem de melhor nesse tipo de situação…

 

 

 

…que é, obviamente, aproveitar os memes!

O resultado da possível falha do algoritmo do Facebook que o mundo testemunhou hoje foi uma avalanche de likes em perfis de crowdfunding, SPAM de projetos de criptomoedas, imagens de conotação sexual (que normalmente não seriam exibidas em determinadas contas) e, é claro, os memes. Muitos memes.

Mesmo porque nós pagamos a internet para publicar e receber memes. Trabalhar com a web é algo completamente secundário e trivial.

Os internautas ao redor do mundo não perderam tempo em alimentar o próprio Facebook e outras redes sociais com uma tonelada de memes sobre o assunto, deixando o cenário de caos um pouco mais divertido.

Neste caso, os memes viriam de qualquer forma. Até porque todo mundo vai explorar o histórico de falhas que o Facebook apresentou ao longo de anos. E esse tipo de anormalidade nos leva a crer que a plataforma de Mark Zuckerberg ainda está longe de alcançar o tão desejado ponto de maturidade nas suas funcionalidades.

De qualquer forma, ao menos estamos rindo de tudo isso. Ou até que alguém mostre que os nossos dados (mais uma vez) foram violados ou compartilhados com alguma empresa qualquer que decidiu pagar para ter nossas informações mais privadas sem o nosso conhecimento ou consentimento.

E é nesse ponto que a piada deixa de ter graça para todos.


Compartilhe