Por que o Ethereum é a melhor moeda virtual para se investir em 2020? | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Por que o Ethereum é a melhor moeda virtual para se investir em 2020? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Internet | Por que o Ethereum é a melhor moeda virtual para se investir em 2020?

Por que o Ethereum é a melhor moeda virtual para se investir em 2020?

Compartilhe

O Ethereum é uma das criptomoedas mais fortes do momento. Hoje, seu valor é de quase 260 euros, com um crescimento nos últimos meses de mais de 100%. Por isso, vamos explicar nesse post porque esta é a melhor moeda virtual para se investir ao longo de 2020.

 

 

 

Ethereum cresceu quase 140% em menos de dois meses

 

 

O crescimento do Ethereum segue a tendência de alta marcada pelo Bitcoin. Apenas em dezembro de 2019, a moeda alcançou o seu mínimo anual de 109 euros e, semanas depois, disparou para 209 euros. Hoje, tem valor de mercado de 258 euros, um crescimento de 140% em menos de dois meses.

Seu maior aumento exponencial foi registrado em janeiro de 2018, quando chegou a valer 1.180 euros, quando a sua média na época oscilava entre 180 e 190 euros. Em apenas seis meses, seu crescimento foi de nada menos que 600%.

O aumento voltou a ficar evidente a partir da segunda metade de 2020, e um dos motivos defendidos pelos especialistas para a alta é que o seu valor de futuro é muito promissor, com vários projetos surgindo em torno do Ethereum.

Alguns estudos reforçam esse argumento, onde mostram que essa tendência de alta do Ethereum ficou presente durante os meses de dezembro de 2017 até dezembro de 2018. Além disso, essa moeda é uma espécie de proteção contra os mercados da Bolsa de Valores dos Estados Unidos, pois quando os mercados de criptodivisas são afetados, o Ethereum é um diversificador para o dólar norte-americano.

 

 

 

O Bitoin Havling é o motivo para o crescimento do Ethereum

 

 

O que acontece com o Bitcoin vira tendência em todo o mercado de criptomoedas. Por isso, é possível prever que o Ethereum terá um dos maiores crescimentos de sua história (se não for o maior).

O Bitcoin Halving é o processo onde a recompensa por resolver os blockchains (ou cadeias de blocos) se divide pela metade. As recompensas vão para todos os usuários que mineram ativos virtuais. Nesse momento, essa recompensa está no valor de 12.5 BTC.

Se tudo acontecer conforme previsto, o valor dessa recompensa será reduzido para 6.25 BTC em 23 de maio. Nesse ponto, o valor do Bitcoin no mercado vai disparar, por causa da pouca rentabilidade de mineração, o que vai influenciar na cotação do Ethereum.

O impacto pode ser ainda maior justamente pela tendência de maior alta do Ethereum em relação ao Bitcoin (140%, contra 58% nos últimos meses). O Bitcoin pode alcançar a casa dos US$ 20.00, um aumento de 200% em relação ao valor atual. Se o mesmo acontecer com o Ethereum, ele pode custar até US$ 1.040, tendo como referência o ativo atual.

 

 

 

Onde a JPMorgan entra na equação?

 

 

Em 11 de fevereiro a Reuters informou que o JPMorgan, o maior banco dos Estados Unidos, está em negociações com a ConsenSys para fundir a sua própria cadeia de blocos de criptomoedas com a cadeia de blocos do Ethereum.

A Quorum, a rede de blockchain privada da JPMorgan, usou parte da infraestrutura do blockchain da Ether para funcionar. Tudo indica que a fusão deve acontecer nos próximos seis meses e, se confirmada, a cadeia do Ethereum vai receber um forte investimento por parte do banco norte-americano, o que vai repercutir no seu valor final de mercado.

 

 

 

Número de operações com Ethereum é cada vez maior

 

 

O aumento do valor do ativo virtual veio com um aumento do número das operações com o Ethereum. O aumento na última semana de endereços ativos foi de 21%, e o número de transações aumentou em 13%.

O valor do Ethereum não para de subir há sete semanas, e essa tendência não se repetiu desde aquele aumento de 600% no final de 2017. E essa é a sua maior alta desde a sua chegada ao mercado.

Tudo indica que a tendência de alta vai se manter nas próximas semanas, ou pelo menos até maio de 2020, quando se supõe que o Bitcoin Halving vai disparar o valor de todas as criptomoedas. Se a fusão com a JPMorgan acontecer, o Ethereum pode representar uma enorme dor de cabeça para o Bitcoin, pois certamente vai receber um exército de investidores, o que fará com que o seu valor de mercado aumente ainda mais

Vamos esperar pelos próximos capítulos dessa novela.


Compartilhe