Wetten.com Brasil Apostas
Início » Dicas, Truques e Macetes » Por que não é possível desligar um Kindle?

Por que não é possível desligar um Kindle?

Compartilhe

Entenda uma coisa: o seu Kindle não desliga jamais.

Ou ele está ligado o tempo todo, ou ele está em modo de suspensão ou standby. O botão físico no Kindle serve para reiniciar ou desligar a tela.

Não existe uma explicação oficial da Amazon para isso acontecer, mas o argumento mais válido para você não poder desligar o seu Kindle é: isso não é necessário.

Sua autonomia de bateria é excelente, mas manter um dispositivo sempre ligado é algo discutível.

Vamos falar um pouco mais sobre isso.

 

 

 

Apresentando a tecnologia biestável

 

 

Uma tela de tinta eletrônica conta com um prodígio do mundo moderno que é conhecido como tecnologia biestável. O termo se refere à capacidade dessas telas em reter a imagem inclusive quando ela não é alimentada com energia.

Com isso, uma tela E Ink só consome energia quando algo muda (uma virada de página). Durante a leitura, o consumo de energia é zero.

Obviamente, isso muda com os modelos Kindle com sistema de iluminação frontal.

Para a Amazon, esse é o principal argumento para o usuário não precisar desligar o Kindle, já que o estado de suspensão das telas deste tipo de dispositivo mostram uma imagem aleatória e estática, mas que não consome energia.

Porém, outros elementos do Kindle podem sim consumir a energia de sua bateria.

 

 

 

Modo avião aumenta ainda mais a autonomia do Kindle

 

 

O modo de suspensão do Kindle não desativa o WiFi do dispositivo, o que faz com que as atualizações de qualquer espécie possam ser recebidas e instaladas quando você tirar o leitor de livros eletrônicos do modo de standby.

O processador do dispositivo também fica funcionando em modo de suspensão, onde algumas tarefas em segundo plano podem também gerar um gasto de bateria que pode ser evitado no modo avião.

As pequenas tarefas típicas do dispositivo (que nem sempre são executadas pelo usuário) que estão ativas durante o modo de suspensão podem ir esgotando aos poucos a autonomia do Kindle.

Tudo bem, o consumo de bateria é mínimo, e a autonomia do dispositivo ainda pode durar algumas semanas. Mesmo assim, não dá para negar que a bateria vai drenando aos poucos.

Você pode aumentar ainda mais a autonomia de bateria do seu leitor de livros eletrônicos simplesmente ativando o seu Modo Avião, a partir da sua tela de configurações. Com essa opção ativa, além da redução do consumo energético, é muito mais rápido voltar ao livro que você estava lendo, já que o dispositivo não passa pelas atualizações pendentes.

Um último cenário pode resultar em problemas quando não se desliga um Kindle por completo: se o dispositivo fica bloqueado por qualquer motivo e não podemos reiniciá-lo pelo botão de liga/desliga ao ser pressionado por alguns segundos.

Nessa situação, a única alternativa que resta ao usuário é a inusitada saída em esperar a bateria do Kindle se esgotar por completo para que seja possível realizar a inicialização do dispositivo.

E isso pode ser uma condenação brutal para qualquer usuário, considerando que estamos falando de um dispositivo que conta com uma bateria cuja autonomia pode durar semanas.

Haja paciência para isso.


Compartilhe